Pesquisar
Close this search box.

Arapongas: Lei flexibiliza paradas no Transporte Público

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Arapongas: Lei flexibiliza paradas...

Mulheres, idosos e pessoas com deficiência podem desembarcar em locais fora dos pontos regulares no período das 21h às 05 da manhã

O projeto de lei, proposto pela vereadora Marilsa Straub Vendrametto (PSC)

As mulheres, as pessoas idosas e as pessoas com deficiência de Arapongas poderão parar em locais que não sejam pontos regulares no transporte público municipal no período das 21 horas até as 05 horas da manhã. O projeto de lei, proposto pela vereadora Marilsa Straub Vendrametto (PSC), foi aprovado em duas sessões e sancionado pelo presidente da Câmara, Marcio Antônio Nickenig (PSD), no dia 20 de junho.


“O projeto não foi sancionado pelo prefeito Sérgio Onofre porque ele estava em viagem. Por causa dos prazos para a sanção, teve que vir para a Câmara para ter a assinatura do presidente da Casa”, explicou a parlamentar Marilsa Staub. “Mas o projeto de lei teve a aprovação do prefeito”, pontuou a vereadora.


Marilsa conta que propôs o projeto do desembarque fora do ponto pensando na segurança dessas pessoas que serão beneficiadas. “Nós sabemos que, ao anoitecer, as coisas podem ficar mais perigosas e essas pessoas, principalmente as mulheres, ficam mais expostas”, ressalta. “Em Arapongas temos bastantes profissionais de Enfermagem que utilizam o transporte público e, nesse período, há menos movimento dentro dos ônibus. Isso tudo facilita para que o motorista pare no local em que a pessoa precise”, afirmou Marilsa Staub.


De acordo com a lei aprovada, as pessoas devem avisar ao motorista ou ao cobrador que seu desembarque será fora do ponto ‘normal’. “Os locais indicados para o desembarque deverão estar no trajeto regular da linha. Claro que não se poderá parar em locais proibidos para estacionamento”, alertou a vereadora.


Ainda segundo a ‘Lei do Desembarque’, a empresa de ônibus deverá fazer campanhas para divulgar essa lei com informações nos pontos e também no interior dos veículos. Campanhas de esclarecimentos também podem ser desenvolvidas pelo Poder Público.


Uma dúvida grande era saber se os motoristas iriam querer parar por causa da lei. A vereadora foi até o TUA (Transporte Urbano Arapongas) e descobriu, surpresa, que muitos motoristas acabam fazendo essa gentileza no período da noite para algumas pessoas. Agora, poderão continuar fazendo, mas amparados pela lei.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Advogado rolandense vai para a AGU

Lucas Yudi Tokano Pereira, ex-diretor da Câmara de Rolândia, foi empossado como advogado da União na última sexta-feira O advogado rolandense Lucas Yudi Tokano Pereira,

Cotidiano

Araponguense é eleita Miss Paraná 2024

Isabelle Queiroz conquistou o título no sábado em evento em Maringá e vai representar o Estado no Miss Brasil 2024 A araponguense Isabelle Queiroz Bartoli,

Cotidiano

De Mercadão (em 2026), Vacinações e Atletas

Editorial – Edição: 969 – sexta-feira, 07/06/24 Querida leitora e caro leitor O mercado municipal de Rolândia, chamado de Mercadão Ferroviário, deve ser inaugurado em

Cotidiano

Cambé: destaque nacional na Previdência

Município conquista 16º lugar em prêmio nacional de responsabilidade previdenciária Secom PMCCambé segue se destacando no cenário nacional, e na última semana o município, através