Pesquisar
Close this search box.

Criança é picada por escorpião em Rolândia

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Criança é picada por...

Menino de 12 anos foi levado para o PA 24h e ficou em observação; se caso se agravasse, teria que ser levado ao HU para tomar o soro antiescorpiônico

Um menino de 12 anos foi picado por um escorpião amarelo e teve que ser levado para o Pronto Atendimento 24h, de Rolândia, onde ficou de observação. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (1º) e o menino foi liberado depois do meio-dia, já que não houve nenhuma complicação. “Se a situação dele se agravasse, ele teria que tomar o soro contra o veneno do escorpião no Hospital Univesitário, em Londrina”, explicou a mãe da criança, Cristiane Fogato (38).

Ainda segundo a mãe, seu filho foi picado enquanto dormia. “Moramos na Vila Odório e tem muito terreno com mato alto perto de minha casa. Era 6 horas da manhã quanto ele me chamou e falou que um bicho o tinha mordido. Levantei e procurei por 20 minutos até que achei o escorpião amarelo”, relembra-se Cristiane. Ela o levou para o PA, onde foi seguido todo o protocolo nesses casos: foi feita uma ligação para o Centro de Informações Toxicológicos (CIT) e informado que, se a situação se agravasse, ele teria que ir ao HU para receber o soro.

Escorpiões

Os rolandenses têm denunciado, principalmente em épocas de calor, o aparecimento de muitos escorpiões, principalmente amarelos e pretos. Esses insetos peçonhentos são atraídos por baratas e outros insetos, os quais, por sua vez, são atraídos por lixo, entulho e mato alto. Nos últimos meses, a prefeitura de Rolândia tem feito alertas e campanhas contra o descarte irregular de lixo.

Um dos locais ‘preferidos’ pelos infratores é a Estrada do São Rafael, apesar de o local ter uma grande lixeira. A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente alerta que as pessoas podem denunciar esses crimes pelo telefone da Secretaria, o 3156-0333, pelo e-mail [email protected] ou ainda pode fazer um protocolo online (https://rolandia.1doc.com.br/atendimento).

Ainda sobre o assunto do escorpião, a Secretaria de Saúde divulgou um esclarecimento, que pode ser lido abaixo na íntegra.

“A Secretaria Municipal de Saúde de Rolândia informa que na quarta-feira, dia 1º de dezembro, infelizmente, foi registrado um acidente em que uma criança foi picada por escorpião amarelo. Devido ao remédio para este fim ser caro e de baixa procura, o protocolo do estado do Paraná, da Secretaria Estadual de Saúde (SESA), é de que o soro antiescorpiônico, heterólogo e hiperimune, é ofertado somente nos hospitais de referência regional. No caso de Rolândia, é o Hospital Universitário (HU), de Londrina, dentro do Centro de Informações Toxicológicos (CIT). O paciente em questão foi atendido no Pronto Atendimento (PA), da Vila Oliveira, e todos os protocolos adotados seguiram o que preconiza a SESA, em casos semelhantes.”

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Arapongas terá desabastecimento no domingo

Manutenção na rede de energia elétrica, feita pela Copel, afeta abastecimento de água no município A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar informa que,