Pesquisar
Close this search box.

De acusações, inaugurações, licitações, hinos e empatia animal

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. De acusações, inaugurações, licitações,...

Editorial – edição: 877 – sexta-feira, 24/06/22

Olá, querido leitor e cara leitora do JR

Uma semana agitada, em Rolândia e Cambé, por muitas e diversas razões. Em Cambé, um vereador foi acusado de assédio sexual por uma mulher que trabalha na Câmara na parte de limpeza. O caso corre em segredo de Justiça, mas o próprio parlamentar deu uma entrevista ao Portal Cambé e negou todas as acusações feitas contra ele e que estão em um Boletim de Ocorrência que está navegando pela internet. O vereador é o Carlinhos da Ambulância e matéria sobre o fato está na página 05 desta edição. A Câmara soltou uma nota sobre o assunto e afirmou iria tomar as medidas cabíveis para esclarecer os fatos e dar cumprimento às medidas previstas pelo regimento interno do Legislativo.


Em Rolândia, na quinta-feira (23), o Hospital São Rafael inaugurou a sua unidade pediátrica que leva o nome de Elisabete Jacinto, que esteve na inauguração e ficou bem emocionada com a homenagem. O melhor de tudo é que o hospital se aproxima de ter os 100 leitos ‘ideais’ – tem 85 atualmente, 14 deles pediátricos.


Com relação a licitações, ainda em Rolândia, depois da espera pela revitalização da Ciclovia do Trabalhador, e da liberação de R$ 1,1 milhão em emenda do deputado Tiago Amaral, fomos surpreendidos pela notícia de que a empresa ganhadora da licitação não começou o serviço no prazo. Talvez nem a segunda colocada comece e talvez tenhamos uma nova licitação e talvez a obra de revitalização só comece mesmo em novembro. E olhe lá!!


Voltando a Cambé, o município deu uma repaginada em seu hino municipal que ganhou um novo arranjo e também um livro. O lançamento do livro sobre o hino, de autoria do historiador Eduardo Pavinato, e também a entrega do hino com o novo arranjo, do maestro Vitor Hugo Gorni, aconteceram na quarta-feira, em um evento bem concorrido que contou com a presença do prefeito Conrado Scheller.


Pra terminar, em Rolândia, a AMAR está com uma campanha para arrecadar cobertores para os animais e também pede ajuda para fazer uma cirurgia em uma cadelinha chamada Mayara, que é paraplégica. Ela foi adotada duas vezes e devolvida. Essas matérias estão à página 09.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Em busca do ‘futum’

Editorial – Edição: 955 – sexta-feira, 16/02/24 Olá, querido leitor e cara leitora do JR As reclamações sobre o mau cheiro que tem se espalhado