Pesquisar
Close this search box.

De evasão, Plano Diretor (de novo) e futebol

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. De evasão, Plano Diretor...

EDITORIAL – Edição: 886 – sexta-feira, 02/09/22

Olá, querido leitor e cara leitora do JR


A evasão escolar aumentou, e muito, principalmente depois dos momentos mais intensos da pandemia da Covid-19. Sem internet adequada ou aparelhos para acompanhar as aulas online, muitos alunos, ou melhor, seus pais, também não foram buscar os materiais impressos que eram entregues nas escolas. Resultado, ficaram sem aula alguma e desistiram de voltar à escola, mesmo com a retomada total de aulas presenciais.


Para amenizar esse quadro crítico, o programa Busca Ativa Escolar está sendo implantado em muitas cidades estados. O município de Rolândia já iniciou a sua BAE (Busca Ativa Escolar) e conta com a colaboração da comunidade. Seja para ‘delatar’ crianças fora da escola ou mesmo para levar seus filhos de volta às aulas.


O assunto é sério e merece toda a nossa atenção, quando dizemos nossa, falamos como um todo, como a sociedade.


E a revisão, ou atualização, do Plano Diretor de Rolândia? Noticiamos que o projeto de lei estava na Câmara, protocolado pelo Executivo Municipal no dia 23 de agosto. A revisão, que deveria ter sido feita em 2016, estava chegando ao Legislativo 6 anos depois. Agora parece que iria. Parecia…


Os projetos de lei de atualização voltaram para o Executivo, que viu algumas inconsistências. Vai protocolar um substitutivo nos próximos dias que será analisada pela Casa de Leis rolandense. Será que agora vai?


Podemos estar enganados, mas parece que essa atualização vai dar ‘pano pra manga’ ainda. Estamos nos referindo à questão da expansão industrial de Rolândia. Talvez estejamos sendo pessimistas demais sobre o assunto e a revisão do Plano passe sem maiores problemas pelos vereadores e vereadoras.
Quem é de Rolândia sabe que nunca nada é fácil quando se trata de projetos polêmicos…


E o Nacional, hein? O Guerreiro do Norte perdeu pela primeira vez na Série Bronze, em casa, para o Paranavaí: 1 a 0. Segue na segunda posição do grupo B, mas perdeu a sua invencibilidade. Uma pena. Na mesma competição e no mesmo grupo, o REC ainda não pontuou depois de três rodadas.

Uma boa leitura

Josiane Rodrigues – editora

José Eduardo – editor

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Enfermeiro do Samu de Rolândia no RS

Porfírio Adriano Piza foi novamente convocado pela Força Nacional do SUS para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul O enfermeiro Adriano