Pesquisar
Close this search box.

Desfile noturno comemora o 76º aniversário de Cambé

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Desfile noturno comemora o...

Adiado por causa das chuvas que caíram no domingo, o desfile de aniversário da emancipação política de Cambé começa às 19 horas

Nesta quarta-feira (11), Cambé celebra seu aniversário de 76 anos. E além dos avanços em industrialização e aumento de obras e serviços que já são marcas do município, mais do que nunca a cidade tem como foco o desenvolvimento, o progresso, um olhar mais humano que garanta ao cambeense mais bem-estar, qualidade de vida e motivos para se orgulhar e celebrar.

O aniversário é de 76 anos, mas nos últimos 12 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Cambé cresceu 10,54%, registrando um aumento anual de 0,84%. O Censo Demográfico de 2022 mostrou que a população cambeense saltou de 96.733 para 107.208 habitantes. O aumento foi maior que a média nacional (6,5%) e a do Paraná (9,5%). Além disso, o município possui hoje uma densidade demográfica de 216,42 habitantes por km², e é a 22ª cidade mais populosa do Paraná, a 53ª da região Sul e 290ª do país todo.

E citando municípios acima de 100 mil habitantes no Paraná, o anuário Cidades Mais Seguras do Brasil registrou Cambé como a 4ª cidade nessa faixa de habitantes mais segura do Paraná. O estudo é baseado na quantidade de assassinatos a cada 100 mil habitantes em 2022, e na região, Cambé, com 18,7, esteve à frente de Londrina (9º com 22,8) e Apucarana (10º com 23,1). Além disso, a cidade teve média menor que a estadual (24,5) e a nacional (26,4).

Outro dado relevante que foi divulgado esse ano e que evidencia o foco no desenvolvimento e bem-estar é o do Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade (IDL), do Instituto de Longevidade MAG, que classificou Cambé como a 51ª melhor cidade brasileira para envelhecer – 3ª no Paraná. Além disso, entre 60 e 75 anos a cidade é a 48ª melhor para viver, e acima de 75 anos sobe para a 38ª colocação. O índice é um instrumento que mede o grau de preparação dos municípios brasileiros para a crescente longevidade das comunidades, ou como acolhem a população idosa, que segue crescendo no Brasil. Para isso, são analisados atributos como indicadores gerais, bem-estar da população, educação e trabalho, cultura e engajamento, habitação, saúde e finanças.

Economicamente, o município também se destaca com esforço direcionado para a agilidade na abertura de empresas. Segundo o portal Mapa de Empresas do Governo Federal, Cambé registra empresas em apenas uma hora, viabiliza em três horas e formaliza o negócio em uma média de 4 horas. O Brasil demora cerca de 16 horas para registrar uma empresa e 29 horas até o negócio estar regularizado. No Paraná, a viabilidade mais registro leva cerca de 12 horas. Já na região, contando os municípios de Londrina, Rolândia, Ibiporã, Arapongas e Apucarana, o tempo de viabilidade para registro é de 52 horas, e a formalização da firma, com abertura de CNPJ, demora uma média de 54 horas – mais de 13 vezes mais lento do que Cambé.

A cidade possui, hoje, 12.749 empresas ativas de acordo com o portal. Em 2023, foram 247 empresas abertas e 109 empresas fechadas. O destaque fica para comércio varejista de vestuário, com 651 empresas; cabeleireiro, manicure e pedicure, com 511 empresas; obras de alvenaria, com 509 empresas; promoção de vendas, com 425 empresas; e transporte rodoviário de cargas, com 368 empresas; entre outros.

O foco também é no desenvolvimento esportivo, e esse ano foi aprovado o projeto Bolsa Atleta destinado para atletas, paratletas e treinadores. A ideia é incentivar o esporte competitivo, com pagamento de bolsas que promovem uma grande oportunidade de valorização aos principais personagens do segmento, com auxílio na manutenção e progresso de suas carreiras e melhores condições para se dedicar ao treinamento esportivo e participação em competições. O pagamento está previsto para ter início ainda esse ano.

O desenvolvimento também passa por um olhar mais humano e a busca por oferecer entretenimento e lazer de qualidade. Além das festas tradicionais do município, como a do Trabalhador, Desfile de Aniversário e Festa das Crianças, outra vem se tornando um marco: o Cambé Musical. E ainda esse ano, em 12 de novembro, a segunda edição trará César Menotti e Fabiano e Ícaro e Gilmar.

A organização com foco no desenvolvimento só se dá através de um trabalho de muitas mãos, e o prefeito Conrado Scheller enfatiza que os índices são alcançados porque o município compreendeu esse papel. “É muito bom comemorar mais um ano de Cambé com números tão importantes, expressivos, dados de empresas de fora daqui, um reconhecimento nacional de todo o trabalho que cada cambeense faz por esse município. Só alcançamos isso porque todos entendem o valor e significado do trabalho, porque somos uma engrenagem coesa e que funciona cada vez mais. São 76 anos de história, e um desenvolvimento pessoal, social, econômico, enfim, de todas as áreas que nunca foi visto. E cada um aqui é crucial nesse processo”, destacou.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

De eleição, de atentados e de PodFalah JR

Editorial – Edição: 971 – sexta-feira, 21/06/24 Querida leitora e caro leitor Respeitável público: a eleição do dia 06 de outubro já começou. Em Rolândia,