Pesquisar
Close this search box.

Desfiles e CVV

EDITORIAL: Edição: 887 – sexta-feira, 09/09/22

Olá, querido leitor e cara leitora do JR

O Desfile de 7 de Setembro será no dia 11 de Setembro em Rolândia. Brincadeiras de palavras à parte, a verdade é que o Desfile da Independência foi adiado por causa das chuvas que caíram justamente na hora da concentração e do desfile propriamente dito em Rolândia.


Não tem nada não. A Educação já pensava nisso e tinha um Plano B, que erá transferir o evento para o domingo.


Então, domingo tem desfile em Rolândia e começa às 09 horas da manhã. O início do desfile é na rotatória da agência central dos Correios e a caminhada das entidades termina na rotatória do Maruishi.
Se tiver sol, todos vão desfilar de costas para o astro-rei. Isso quer dizer que, quem estiver assistindo, ou fotografando ou filmando, terá que fazê-lo contra o sol. Já sugerimos a administrações passadas a mudança de sentido, mas a sugestão nunca foi levada a sério.


Por que mudar? O público que assiste poderia, por exemplo, ver o rosto de que desfila. Durante uma entrevista feita com a secretária de Educação de Rolândia, demos novamente a sugestão. Vamos aguardar nossos próximos desfiles.


Mudando de prosa, estamos no mês do Setembro Amarelo, tempo de campanhas de prevenção ao suicídio. Apesar de não termos números confiáveis sobre o tema, é sabido que o número de tentativas e também de consumação tem aumentado.


Por isso a importância de se falar sobre o assunto. Isso por salvar vidas e já salvou muitas pelo mundo.
E o papel da imprensa em notícias que envolvam o suicídio?


Primeiramente, como em qualquer outro tipo de óbito, deve haver respeito com a família e mesmo com a pessoa falecida.


A notícia pode ser veiculada, levando-se em conta os respeitos mencionados anteriormente, mas sem mecionar a maneira como o suicídio foi cometido.


O mais importante, se a matéria for mesmo publicada, é que coloque sempre os telefones de contatos de órgãos de apoio como o CVV, Centro de Valorização da Vida, que tem voluntários a qualquer hora para falar com a pessoa que estiver passando por momentos difíceis. O telefone é o 188 e funciona 24 horas por dia. Tem matéria sobre o assunto à página 07.

Uma boa leitura

Josiane Rodrigues – editora

José Eduardo – editor

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Arapongas terá desabastecimento no domingo

Manutenção na rede de energia elétrica, feita pela Copel, afeta abastecimento de água no município A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar informa que,