EDITORIAL – EDIÇÃO: 909 – SEXTA-FEIRA, 03/03/23

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. EDITORIAL – EDIÇÃO: 909...

De falta de água, CE x PEC e troca de pároco e fila

Olá, querido leitor e cara leitora do JR

A matéria principal desta edição que está em suas mãos é sobre água. Mais especificamente sobre a falta dela. Mas também sobre obras para melhorar a sua captação e não deixar que ela falte.


O prefeito de Rolândia foi a Curitiba e se reuniu com um diretor da Sanepar e quis saber o porquê de tanta falta de água em alguns bairros de Rolândia.


O JR falou com um gerente da empresa que explicou que a ‘altura’ de alguns bairros de Rolândia e da própria cidade faz com que toda a água tenha que ser bombeada. Se houver algum problema operacional, se acabar a energia por um longo tempo ou se chover demais, ‘sujando’ as águas dos rios mananciais, a água vai faltar. Sabe os primeiros lugares em que ela falta, nos bairros mais altos como o Santiago e o Novo Horizonte.


A Sanepar tem uma obra que deve acabar em abril e entrar em funcionamento até junho e que deve diminuir bastante o problema de desabastecimento nos bairros altos de Rolândia – leia-se jardim Santiago e Novo Horizonte.


Mas a grande notícia que está na matéria é que há obras trazendo mais água do Tibagi, que essa água será levada para Cambé por uma nova obra e que uma outra nova obra levará a água de Cambé para Rolândia. Tudo isso para terminar até 2024. Ou seja, a partir daquele ano, vamos passar a beber água do rio Tibagi.


E a briga de letras entre a CE (Comissão Especial) e PEC (Proposta de Emenda à Constituição)? A CE analisa as contas da Educação de Rolândia, que investiu menos do que devia em 2021, e a Educação lembra que a PEC desobrigou os municípios a investir o mínimo. Quem vai ganhar essa peleja? Vamos ver e aguardar.


Já Cambé tem um novo pároco em sua Igreja Santo Antônio, da região central da cidade. Padre Luciano, cambeense de nascimento, assumiu a paróquia no domingo passado em uma missa com o arcebispo Dom Geremias Steinmetz. Já o padre Cristiano, que era o pároco, foi para Arapongas, na qual é pároco-reitor.


Ciente da grande fila de espera por vagas na creche, o prefeito de Arapongas comemorou a inauguração de mais um CMEI no município. Serão mais quase 100 crianças que terão um lugar para estudar. Por lá, a fila tem em torno de 1.600 crianças.

Boa Leitura!

Josiane Rodrigues – editora

José Eduardo – editor

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Concurso de decoração de Natal da ACIR

Com prêmios em dinheiro para as melhores decorações de Natal, Associação Empresarial de Rolândia quer mais ‘espírito natalino’ A Associação Empresarial de Rolândia (ACIR) está