Pesquisar
Close this search box.

Flagrante de imprudência (frequente) em Rolândia

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Flagrante de imprudência (frequente)...

Carreta sobe pela contramão para entrar na Vila Oliveira e seguir destino a PR-170

Um motorista rolandense flagrou a imprudência do condutor de uma carreta na Avenida Pres. Vargas na manhã desta quarta-feira (03). A carreta entrou na Vila Oliveira pela rua Esmeralda na contramão. “Eu estava atrás da carreta e não acreditou no que ele estava fazendo. Peguei o telefone e consegui tirar as fotos”, explicou o motorista ao JR.

Ainda de acordo com o autor do flagrante, uma mulher de motocicleta descia pela Esmeralda e teve que subir na calçada para não ser atropelada. “Muitos caminhoneiros não usam a trincheira e vão pela Vila, sempre entrando na contramão pela rua Esmeralda”, ressaltou o reclamante, que preferiu não se identificar.

O JR tem feito matérias sobre os problemas que o tráfego de caminhões pesados tem trazido para aquela região da Vila Oliveira. “Diminuiu a intensidade do trânsito de caminhões e carretas, mas muitos veículos pesados ainda insistem em passar por dentro da Vila”, complementou um comerciante do local.

A reportagem do JR procurou o secretário de Infraestrutura, José Luis Polvani, para falar do problema. O secretário afirmou estar ciente dos transtornos, mas que a situação só irá melhorar com a municipalização efetiva do trânsito de Rolândia, o que deve acontecer ainda neste ano. “Há também uma rotatória para ser construída exatamente naquele local da Pres. Vargas com a Esmeralda que deve organizar melhor o trânsito ali. Essa obra já está para ser iniciada pela mesma empresa que está terminando a rotatória da Avenida Brasília”, pontuou Polvani.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Arapongas terá desabastecimento no domingo

Manutenção na rede de energia elétrica, feita pela Copel, afeta abastecimento de água no município A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar informa que,