Pesquisar
Close this search box.

Outubro Rosa: JR tem a campanha ‘Mulheres de Peito’

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Outubro Rosa: JR tem...

Com o objetivo principal de desmistificar o câncer de mama, o JR e outras cinco empresas gerenciadas por mulheres criaram a campanha que promove muita informação e conhecimento

A campanha ‘Mulheres de Peito’, dentro do Outubro Rosa, busca desmistificar o câncer de mama e foi gestada pelo JR e outras cinco empresas gerenciadas por mulheres. Na foto Mariane e Marielle (Brechó com Propósito), Paula (Madame Bike), Josiane (JR), Cíntia (Empório Veganizando), Jéssica (CNA) e Nayara (Mídia Pontual)

O Outubro Rosa existe há mais de 30 anos e é uma campanha de que tem como foco alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. E neste ano de 2022, mais do que nunca, o JR se viu na obrigação de preparar uma campanha muito especial para celebrar este período.


Junto a outras cinco empresas gerenciadas por mulheres de Rolândia, o JR criou a campanha ‘Mulheres de Peito’. O objetivo principal dessa ação coletiva feminina é desmistificar o câncer de mama por meio de muita informação e conhecimento, além de também contribuir com doações para o Hospital do Câncer de Londrina. Por isso, durante todo o mês de outubro, estão programadas uma série de atividades, todas em prol da campanha.

Participantes e ações
Estão participando dessa ação as empresas Brechó com Propósito, CNA Rolândia, Empório Veganizando, Madame Bike e Mídia Pontual. As atividades programadas para essa campanha terão início a partir deste sábado, dia 01 de outubro. Mas, antes disso, o JR e as demais empresas e mulheres que darão os seus depoimentos na campanha foram convidadas para estarem presentes no lançamento oficial da campanha do ‘Outubro Rosa’, da Secretaria de Saúde de Rolândia, que ocorre nesta sexta (30), às 18 horas na própria secretaria.


Nas redes sociais, o JR também vai compartilhar diversos vídeos com especialistas sobre o assunto. Os primeiros serão com a Dra. Beatriz que vai abordar o tema ‘O que é o Câncer de Mama e como diagnosticar?’ e com a Dra. Ana Cristina Herrera que falará sobre o assunto ‘O câncer causa sintomas?’.

Ao longo do mês, muitos outros conteúdos serão compartilhados abordando o assunto com demais especialistas (psicóloga, nutricionista, cabeleireiras, educadora física, professora de dança e advogada).


Também teremos depoimentos de várias mulheres que passaram pelo tratamento de câncer e que vão compartilhar suas experiências. Nas matérias e nos vídeos com os relatos dessas mulheres, temos um ponto chave da campanha que tem como foco central mostrar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença. Especialistas afirmam que se diagnosticado precocemente a chance de cura dessa mulher é de 95%, já quando descoberto mais tarde essa taxa cai para 50%.


No dia 18 de outubro, o Brechó com Propósito fará uma roda de conversa no espaço do Empório Veganizando (Av. Salgado Filho, 277 – Hofgarten, sala 11) com o tema ‘Saúde x Alimentação’. O evento terá início às 19 horas e terá a participação especial da nutricionista e auriculoterapeuta Ana Cláudia Corrêa. O investimento para participar do evento é de R$ 15,00, pois além de muito conhecimento, o momento também proporcionará uma experiência gastronômica única com um delicioso café vegano.


Na sequência, no dia 23 outubro, o JR e as demais empresas também participarão, a convite das organizadoras, do ‘3º Pedal Solidário Outubro Rosa Brutas do Pedal’ em Prol Hospital do Câncer de Londrina. O valor da inscrição é R$39,90 e mais 1 litro de leite, que será doado ao HCL. Além disso, haverá um sorteio de uma linda bike da marca First para todos os participantes.


O CNA Rolândia também fará ações de arrecadação durante todo o mês de outubro. Todos os alunos que doarem vão concorrer a uma parcela grátis do curso, e a turma que arrecadar mais itens ganhará um café especial na escola no horário da aula. Também o evento de Halloween promovido pelo CNA terá arrecadação de água de coco, gilete e copos descartáveis.


Durante todo o mês também haverá uma arrecadação geral de copos descartáveis de água (180 ml), água de coco para quem está fazendo quimioterapia, aparelhos de barbear descartáveis para o preparo das cirurgias, óleo de soja e detergente para o HC de Londrina. As empresas participantes também vão funcionar como pontos de arrecadação.


Além disso, também será feita uma campanha de doação de turbantes virtuais também para o HC de Londrina. A doações deste turbante simbólico pode ser feita via Pix ([email protected]) e o ideal é que seja de, no mínimo, R$10. O valor arrecadado, além de ser utilizado para a compra dos turbantes, também é destinado para outras manutenções gerais, compras de medicamentos e demais demandas existentes na instituição.


Importância do ‘Outubro Rosa’

É importante lembrar que todos os órgãos, instituições, entidades e empresas precisam participar dessa campanha para a prevenção de mortes causadas pelo Câncer de Mama. Ações em prol do Outubro Rosa são importantes, pois reforçam a relevância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama; incentiva as medidas práticas recomendadas pelos médicos, como check-up com o ginecologista e o exame de mamografia; e encoraja mulheres que sentem medo de realizar consultas e exames.


Além disso, quando uma empresa contribuiu para esse tipo de ação, também auxilia no empoderamento daquelas mulheres que estão na luta contra o câncer e mostra a luta de mulheres que já venceram a doença. Informa aquelas que tiveram o diagnóstico da doença, mas não sabem sobre as possibilidades de tratamentos. Iniciativas assim também informam, conscientizam e quebram tabus em toda a população, trazendo à tona a importância do apoio psicológico nessa jornada.


De acordo com as pesquisadoras Carolina Pasquote Vieira, psicóloga e mestranda em Enfermagem pela UNICAMP, Maria Helena Baena de Moraes Lopes, professora doutora do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Enfermagem da UNICAMP, e Antonieta Keiko Kakuda Shimo, enfermeira e professora doutora do mesmo programa, “O tratamento do câncer de mama feminino precisa ser encarado de forma positiva. É preciso que as representações envolvidas no câncer sejam reformuladas, de forma que ao se defrontar com a doença, a mulher consiga compreender que existem tratamentos eficazes para isto, e que pode ter a sua qualidade de vida de forma satisfatória”.

Dados no Brasil
De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Brasil, excluindo os tumores de pele não melanoma, o câncer de mama é o mais incidente em mulheres de todas as regiões, com taxas mais altas nas regiões Sul e Sudeste. Para o ano de 2022 foram estimados 66.280 casos novos, o que representa uma taxa ajustada de incidência de 43,74 casos por 100 mil mulheres. De acordo com o Atlas de Mortalidade por Câncer, em 2019, ocorreram 18.295 mortes pela doença, sendo 18.068 mulheres e 227 homens. A estimativa para o Paraná em 2022 são de 3.470, ou de 59,26 casos por 100 mil pessoas.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Sobre muitos assuntos

Editorial – Edição: 963 – sexta-feira, 19/04/24 Querida leitora e caro leitorMuitos assuntos e pouco espaço. Já ouvimos uma data para a implantação do estacionamento

Cotidiano

Um ano do falecimento do Padre Zé

Monsenhor José Ágius faleceu na cidade de Victoria no dia 18, depois de passar em Munxar, sua aldeia-cidade natal no dia 17 Nesta quinta-feira (18),