Pesquisar
Close this search box.

Rolândia: problema de fios soltos é pauta de discussão

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Rolândia: problema de fios...

Reunião do Executivo no Legislativo teve representantes da prefeitura, vereadores, Copel e operadores de telecomunicações

Reunião foi realizada no plenário da Câmara Municipal de Rolândia

Representantes das empresas locatárias de postes da Copel em Rolândia, da própria Copel, e dos poderes Executivo e Legislativo se reuniram na Câmara Municipal no final da tarde da quarta-feira (19) para discutir os problemas causados pelos fios soltos pela cidade. O encontro havia sido marcado no início do mês, quando o prefeito Ailton Maistro e o secretário de Planejamento, Zeca Salgueiro, receberam representantes da Copel.


Essa primeira reunião foi motivada porque a prefeitura de Rolândia, via judicial, conseguiu uma liminar que determinou que a Copel identificasse, no município, os locais em que a disposição de fios e cabos elétricos em postes descumpra as normas técnicas contidas no NBR 15688/2009 e NBR 15214/2005. Essa liminar também determinava que a empresa promova a regularização desses fios e cabos. Desse encontro, ficou definido que todas as empresas locatárias dos postes da Copel em Rolândia, para uso de telecomunicações, fossem convocadas para participar da reunião da quarta-feira.


A Copel tem 24 empresas que alugam os cerca de doze mil postes urbanos (muitos compareceram ao encontro da quarta), porém, em varredura em alguns pontos críticos, a Copel identificou fios ‘não oficiais’ de “prestadoras clandestinas” e já tomou as devidas providências.


No encontro da quarta na Câmara, a Copel informou que fez o levantamento dos pontos com mais problemas e pediu para que as empresas tomem providências imediatas quanto as questões. Em seguida, a Copel vai notificar para um prazo de regularização de 30 dias e, na sequência, vai iniciar a fiscalização.
Participaram da reunião desta semana na Câmars o prefeito Ailton Maistro, o vice-prefeito Márcio Vinícius, o procurador-geral Wilson Sócio Júnior, os procuradores Bruno Aranda, Edson Antunes e Lorena Claudina, os vereadores Isaac Altino, Guilherme Spanguemberg, Sandro Leonardi, Vilmar Boy, Ratolino e Rodrigão e as vereadoras Professora Janaína Beneli e Cristina Pieretti.


Já pela Copel, vieram Eduardo Rodrigues, supervisor de compartilhamento da região de Londrina, Fernando Deprá, gerente comercial, o gerente técnico Fabrício Salmazo, gerente técnico, e Alfredo Bottim, gerente de compartilhamento – todos de Curitiba.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Arapongas terá desabastecimento no domingo

Manutenção na rede de energia elétrica, feita pela Copel, afeta abastecimento de água no município A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar informa que,