Pesquisar
Close this search box.


Sobre pessoas pretas e consciência

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Sobre pessoas pretas e...

EDITORIAL – Edição: 897 – sexta-feira, 18/11/22

Olá, querido leitor e cara leitora do JR

Domingo, dia 20 de novembro, é Dia da Consciência Negra. A data é comemorada no dia em que Zumbi dos Palmares foi morto, em 20 de novembro de 1695.


Em algumas cidades do Brasil, a data é feriado, não facultativo, feriado mesmo. Em muitas outras não. Muitos justificam que deveria ter um dia da consciência branca, amarela.


São as mesmas pessoas que falam em racismo reverso (mas não sabem que é esse o nome), que seriam os casos em que alguém branco é chamado de alemão, polaco…


Bom, não vamos discutir isso aqui. A nossa sugestão é que a pessoa leia, se informe, se aprofunde sobre o assunto para não falar bobagem.


Mas voltando à questão do racismo. Sim, o racismo existe e é estrutural. Está tão entranhado na nossa história e na nossa cabeça que contamina até mesmo alguns negros, que não enxergam o racismo e repetem o discurso tradicional da cartilha brasileira.


Mas dia 20 é dia da Consciência Negra e Rolândia tem uma praça chamada Zumbi dos Palmares. Você sabe onde ela fica? Fica entre o colégio Kennedy e a avenida Castro Alves. A placa que identificava a praça foi roubada e nada foi recolado no lugar. A pessoa chega, senta no banco, vê a instalação na praça e não sabe o que é. Não há identificação alguma.


Nesta edição, falamos sobre pessoas pretas e sobre a praça Zumbi dos Palmares. Os alunos do Villanueva foram atrás do presidente da Câmara, Reginaldo Silva, que é preto, aliás é o primeiro negro a comandar o Legislativo rolandense, e lhe entregaram um pedido para a revitalização da praça Zumbi.


Mais do que isso, a solicitação mais importante dos alunos foi para que mais locais e espaçõs públicos de Rolândia tenham nomes de pessoas pretas.


Tudo isso para que a contribuição dos negros não seja apagada e seja tornada invisível. O pedido chega a emocionar.


Ainda neste assunto, domingo também é dia do Hip Hop em Rolândia, celebrando o Dia da Consciência Negra com música, dança, poesia e grafite…

Uma boa leitura

Josiane Rodrigues – editora

José Eduardo – editor

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Enfermeiro do Samu de Rolândia no RS

Porfírio Adriano Piza foi novamente convocado pela Força Nacional do SUS para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul O enfermeiro Adriano