Pesquisar
Close this search box.

Único Amor: há 10 anos incentivado o aleitamento

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Único Amor: há 10...

O projeto ‘Único Amor’ atende cerca de 150 mães de Rolândia por mês, sempre incentivando a amamentação e a doação de leite humano

A doação de leite humano é de suma importância para muitos bebês

Há uma década, a Secretaria de Saúde de Rolândia desenvolve um trabalho importante que promove o aleitamento materno entre as gestantes e mães lactantes da cidade e região. Com foco na orientação, estímulo e suporte às mães, o projeto ‘Unidade de Coleta, Aleitamento Materno e Orientação de Rolândia’, o Único Amor, tem se estabelecido como um pilar essencial no cuidado materno-infantil.


Coordenado pela nutricionista municipal, Edna Yokosawa, o projeto é um componente ativo da Rede Brasileira de Banco de Leite Humano, com ligações diretas ao Banco de Leite do Hospital Universitário (HU) de Londrina. Essa integração fortalece a capacidade de coletar, processar e distribuir leite materno, garantindo uma fonte vital de nutrição para bebês em necessidade.


O programa não apenas incentiva as mães a aderirem ao aleitamento materno, mas também fomenta a doação de leite por parte daquelas que possuem um excedente. Durante o ‘Agosto Dourado’, mês dedicado à conscientização e promoção do aleitamento materno, a Secretaria de Saúde intensifica suas ações, reforçando seu compromisso com o bem-estar das mães e bebês.


A rolandense Elen, que é apenas uma das mães beneficiadas pelo projeto, compartilhou um pouco da sua jornada e do quanto foi importante para ela essa ajuda. “Tive muita dificuldade na amamentação, não conseguia prover a quantidade que acreditava ser suficiente para meu filho José Gabriel, que nasceu prematuro. Entrei em contato com a UBS, fui encaminhada para a Secretaria e conheci a Edna. Ela foi um anjo em nossa vida e foi uma pessoa que me ajudou muito nesse processo. Graças a ela, o José Gabriel agora mama muito bem”, compartilhou a mãe.


Segundo Edna, apesar de ser um processo natural, existe um nível de complexidade na amamentação que nem todos sabem. “A amamentação não é algo simples. É um processo que exige aprendizado. É vital que as mães entendam isso, pois a dificuldade inicial não deve levar à desistência”, afirmou.


A profissional também enfatizou a importância de oferecer suporte e perseverança para essas mães para que, dessa forma, elas consigam superar os desafios iniciais, fornecendo ao bebê os benefícios completos do leite materno. “Precisamos ajudar essas mães para elas poderem oferecer o melhor alimento do mundo aos seus bebês. O leite materno é muito rico e tem todos os nutrientes imunológicos de proteção que vão fazer com que esse bebê cresça e se desenvolva. O ato de amentar envolve segurança e aconchego e é tudo isso que o bebê precisa”, reforçou Edna.


Para quem ainda não conhece, o Único Amor fica na rua Duque de Caxias, 331. O local atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Além do incentivo à doação de leite, o projeto também aceita contribuições de potes de vidro, como os tipos “Palmito” e “Nescafé”.


Para obter mais informações sobre o projeto e como participar, entre em contato com a Secretaria de Saúde pelo telefone (43) 3156-0488.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

ACIR sorteou jantar aos namorados

Sorteio fez parte da ação da Associação para promover a especial data A Associação Empresarial de Rolândia (ACIR) realizou, na quarta-feira (12), o seu sorteio

Cotidiano

De pré-candidatos a vice em Rolândia

Editorial – Edição: 970 – sexta-feira, 14/06/24 Querida leitora e caro leitor Vocês já notaram que o clima de política e de eleição já começa

Cotidiano

Advogado rolandense vai para a AGU

Lucas Yudi Tokano Pereira, ex-diretor da Câmara de Rolândia, foi empossado como advogado da União na última sexta-feira O advogado rolandense Lucas Yudi Tokano Pereira,

Cotidiano

Araponguense é eleita Miss Paraná 2024

Isabelle Queiroz conquistou o título no sábado em evento em Maringá e vai representar o Estado no Miss Brasil 2024 A araponguense Isabelle Queiroz Bartoli,