Pesquisar
Close this search box.

Dr. Estranho 2 – Marvel precisa desacelerar

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Colunas
  6. /
  7. Dr. Estranho 2 –...

Por Samuel M. Bertoco

O filme no geral é legal, qual filme da Marvel não é? Ok, tem alguns, mas a maioria é no mínimo, divertidinho. Mas hoje, a tal da “fase 4” não está conseguindo decolar, tem confundido bastante uma boa parte do público e não tem gerado nada de impacto. É claro, ainda dá muita grana, mas até quando?
A Marvel revolucionou o cinema, desde 2008 quando lançou o primeiro Homem de Ferro, eles tiveram a ideia de criar um universo onde filmes de diferentes filmes de heróis se conversassem. Começou com pequenas coisinhas aqui e ali, uma cena extra, um easter egg, a ideia cresceu e os filmes de Homem de Ferro, Capitão América e Thor e cia. realmente compartilhavam muitas coisas entre si. Foram dez anos de um sucesso absoluto que culminou no final de uma saga épica contra Thanos, um supervilão que uniu a todos em um gigantesco final.


O problema é que depois de dez anos planejando e executando uma mesma história, o que se faz depois? O que seria tão impactante e ameaçador pra manter o interesse do público e como substituir atores e personagens que já ficaram marcado na cultura pop? A resposta foi a FASE 4 e chamado “multiverso”. Eim? Multiverso são cópias do nosso mundo com algumas diferenças, uma desculpa – já usada há muito nos quadrinhos – para poderem trocar quem é o Hulk, pra o Thor ser uma mulher …sem impactar no que já foi feito.


Só que o que já era confuso ficou quase inacompanhável (sic). Além de termos dezenas de heróis por aí em seus filmes e séries – ah, porque tem isso, a Marvel começou a lançar séries de TV, com vários episódios, também interligados ao tal Multiverso Marvel – ainda temos várias versões de um mesmo herói!!! Doutor Estranho 2 é a síntese dessa bagunça. Não é uma experiência que satisfaz por si só, o filme é calcado em inúmeras referências a outras obras que já foram e que ainda vão ser. Isso faz com que tudo o que vemos seja sempre incompleto sem outras várias partes e isso vai, inevitavelmente, diminuir o interesse de uma galera – o meu já foi pro espaço.

Samuel M. Bertoco é formado em Marketing e Publicidade

Samuel Bertoco

Samuel Bertoco

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cultura

Os rolandenses na ExpoLondrina 2024

Empreendedores estão no estande da Secretaria de Estado de Turismo Alguns empreendedores de Rolândia estão marcando presença na ExpoLondrina 2024, como acontece quase em todos