Pesquisar
Close this search box.

Eleição nas escolas e CMEIs de Rolândia nesta segunda-feira

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Eleição nas escolas e...

Para a eleição ser efetiva nas escolas e CMEIs da rede municipal de ensino, votação precisa alcançar um quórum mínimo de 30% do eleitorado

Nesta segunda-feira (13), acontece o processo de Eleições para escolha de diretores das Escolas Municipais e Centros Municipais de Educação (CMEIs) de Rolândia. O edital da eleição foi publicado no dia 11 de novembro, cerca de seis dias depois de a Vara da Fazenda Pública de Rolândia deferir um pedido do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rolândia para a realização da eleição.

A votação
A eleição vai ocorrer das 8:00 às 19:00 e, para ser efetiva, a votação precisa alcançar quórum mínimo de 30% da soma dos votos válidos, brancos e nulos. Para cada aluno menor de 16 anos, o pai, a mãe ou responsável terá direito a um voto. Havendo mais de um aluno matriculado da mesma família, poderá haver mais de um voto, desde que por pessoas distintas da família e maiores de 16 anos.
O aluno com mais de trinta dias consecutivos de faltas anteriores à data de eleição, considerado desistente, não poderá votar. No dia da eleição, os pais ou responsáveis de alunos aptos a votarem deverão apresentar documento de identificação. Também estão aptos a votar professores docentes e professores da equipe administrativa e de suporte pedagógico, em efetivo exercício na instituição de ensino, e funcionários municipais locados na instituição.

Candidatas
Das 12 escolas e dos 9 CMEIs de Rolândia, as eleições com candidatura única acontecerão em 11 escolas e em quatro CMEIs ; em dois CMEIS haverá mais de uma candidata e nos outros estabelecimentos não houve candidatura. “Nesses locais, cabe ao prefeito municipal indicar o diretor ou a diretora”, explica Silvia Puschel, da Secretaria de Educação.
Anna Amelia Nascimento Ribeiro é a candidata à diretora da Escola Municipal Luiz Real; Elaine dos Santos Feitosa, da Maria do Carmo Campos; Josiane Cristine Genaro do Amaral, da Arthur da Costa e Silva; Marcia Gisele Segatel Pacola, da Geralda Chaves Tiradentes; Michele Nascimento Ribeiro Nassu, da Nossa Senhora Aparecida, e Rita de Cassia Lucio Barbieri concorre na Escola São Fernando. Shirley Aparecida dos Reis de Lima concorre na Escola Municipal Parigot de Souza; Silvana Cristina Borges Regatieri, na Garrastazu Médici; Silvana Aparecida Ciola Festi, na Sebastião Feltrin; Silvia Miranda Godoi Souza, na Maria Teixeira Georg, e Vanessa Balsan é candidata na Monteiro Lobato.

Nos CMEIs: Natália Ipojuca da Silva Zanco é candidata única CMEI Josemaria Escrivá, assim como Kamila Cristina Soares no CMEI Rita Teodoro de Jesus. Rosemery Chabudé da Silva de Carvalho é candidata no CMEI Professora Marly do Nascimento Santos; Selma Soares da Silva concorre no CMEI Hans Helmut Behrend. No Centro Municipal de Educação Infantil São José há duas candidatas, a saber, Josilane Rodrigues da Silva e Michele Rosa Fahr; no CMEI Zilda Arns, há três candidatas: Sandra da Silva Reverso, Shirley Mesquita Zanin e Shirlei da Silva.

Comissão Central e Eleitoral
O edital também pede que os trabalhos de votação, em cada instituição de ensino, sejam realizados por uma Comissão Eleitoral composta por três membros, sendo que um deverá ser o representante dos professores na função de docência ou de suporte pedagógico à docência, o segundo precisa ser um representante dos servidores e o terceiro um representante dos pais dos alunos, preferencialmente integrante do Conselho Escolar, e não poderão compor a Comissão Eleitoral o Diretor da Escola e os candidatos à Direção.

Cabe a comissão central acompanhar o processo da comissão eleitoral em todas as escolas e CMEIs onde ocorrer a consulta, coordenar e supervisionar os trabalhos das comissões nas instituições, além de orientar e esclarecer os membros de cada escola e CMEI, assessorando-a em seus trabalhos e assegurando que sejam perfeitamente observadas as normas reguladoras do processo eleitoral.

Também cabe à essa comissão central fiscalizar e coibir condutas e procedimentos que irregulares do processo eleitoral e o seu resultado e encaminhar ao Secretário Municipal de Educação o resultado final do processo eleitoral realizado em cada escola e CMEI, acompanhado dos documentos oficiais utilizados.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: