Pesquisar
Close this search box.

JR na escola municipal São Fernando, de Rolândia

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. JR na escola municipal...

Diretor do jornal falou com alunos e alunas do 2º ano, que estudam os meios de comunicação

Cerca de 60 alunos dos segundos anos C e D, do período vespertino, da Escola Municipal São Fernando, em Rolândia, aprenderam um pouco sobre um jornal impresso, digital, site, mídia sociais e transmissões ao vivo, além de saber mais sobre o trabalho da imprensa. Na tarde da segunda-feira (22), eles receberam a visita do diretor do JR – Um Jornal Regional, José Eduardo da Silva, e dos profissionais Cristiano Nakajima e Cezar Augusto Felix da Silva, que fazem as produções de fotos e vídeos da prefeitura de Rolândia.

Os profissionais foram convidados pela pedagoga da escola, Kelly Cristina de Carvalho Pinho. “As turmas do 2º ano estão estudando sobre meios de comunicação e convidamos esses profissionais da nossa cidade para conversar com os alunos sobre o tema”, explica a pedagoga. “Essas turmas, das professoras Elisangela Cândido Ferreira de Azevedo e Michele Fernanda Gonçalves de Souza Oliveira, são do período vespertino, e a dose deve se repetir com os segundos anos que estudam pela manhã também”, ressaltou Kelly Cristina.

“Na verdade, foi uma verdadeira troca de conhecimentos. Há crianças ali muito curiosas, que é uma das principais características para se aprender: o perguntar. E elas perguntam bastante mesmo”, brinca o diretor José Eduardo. Junto com Cezar e Cristiano, os profissionais falaram sobre a rotina de trabalho e os desafios da profissão. Os alunos questionaram sobre a dinâmica de elaboração e produção do jornal, sobre a história do JR, sobre a matéria mais marcante, além de curiosidades sobre o assunto. “Também falaram sobre fatos da vida deles, coisas que viam na TV ou no jornal”, pontuou José Eduardo.

“Nosso trabalho é contar histórias, através de vídeos e fotos, e a melhor história de cada aluno é a sua própria vida”, filosofou Cristiano no início de sua conversa com os alunos e alunas. As crianças interagiram muito fazendo perguntas e compartilhando suas vivências.–

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM: