Pesquisar
Close this search box.

Libras em pauta em Arapongas

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Libras em pauta em...

Arapongas sedia Encontro Regional de Libras e fortalece ensino inclusivo

Prefeito Sérgio Onofre fala sobre a educação inclusiva em Arapongas

A Prefeitura de Arapongas, Secretaria Municipal de Educação e o Centro Municipal Especializado (Cemear), promoveram o 1º Encontro Regional de Libras de Arapongas (Reliar), no Cine Teatro Mauá, na quarta-feira (22). O evento teve por objetivo ampliar a construção de iniciativas cada vez mais humanizadas e inclusivas, promovendo espaço de interação para a comunidade surda de Arapongas e região.


O encontro contou com a presença do prefeito Sérgio Onofre, da secretária da Educação, Elisângela Bobato Cortez, coordenadora do Cemerar, Kátia Messerlian, e do presidente da Câmara e vereador, Márcio Nickenig, além de representantes dos municípios de Londrina, Maringá, Apucarana e Marilândia do Sul. “Algo que começou como um projeto, o Libra nas Escolas, depois se tornou disciplina. E agora, servirá como base para que outros municípios também implementem o ensino inclusivo. Uma proposta que partiu das nossas professoras intérpretes, Juliana e Bruna, e que vem ganhando cada vez mais força”, parabenizou o prefeito Sérgio Onofre.


“Nossa equipe especializada do Cemear vai ao encontro das reais necessidades de cada aluno. Ver o projeto de Libra nas Escolas se tornar referência para outras cidades é algo fantástico”, mencionou a secretária Elisângela Bobato Cortez.


“É algo que nos emociona. Estamos levando alfabetização em Libras dos alunos ouvintes, para que possam interagir com os alunos não-ouvintes. Inclusão é peça fundamental em Arapongas”, salientou Kátia Mersselian.


“Isso é resultado também da cooperação do legislativo com o executivo. Estamos sempre à disposição para fortalecer iniciativas positivas”, afirmou Márcio Nickenig.

Inclusão
Como referência no ensino inclusivo, em 2023, a Libras se tornou disciplina na grade curricular na Rede Municipal de Ensino de Arapongas, e é aplicada em oito escolas – de período integral e jornada ampliada, alcançando aproximadamente 1.200 alunos. Para a aprendizagem em linguagem de Libras, os estudantes ouvintes desenvolvem técnicas através de atividades práticas, com execução de sinais e acompanhamento de professores especializados, utilização de materiais didáticos – livros, apostilas, DVD’s, vídeos, dicionários digitais ou manuais.


Atualmente a disciplina de Libras atende as escolas municipais: Aricanduva, Júlio Savieto, Colônia Esperança, Alzira Horvatich, Dra. Maria Hercília, Duque de Caxias, Albor Pimpão e Escola Aleydah. Integram a equipe de professoras intérpretes em Arapongas: Juliana Pereira, Luciane Fernanda dos Santos, Luciane Fernanda dos Santos e Elisângela Gomes.

Apresentações e palestras
Durante o 1º Encontro Regional de Libras foram desenvolvidas apresentações dos alunos da sala de recursos do Colégio Estadual Marquês de Caravellas, Escola M. Alzira Horvatich, Escola Padre Germano, Grupo Sinais de Amor, exibição de vídeo-aulas demonstrativas e palestra com a professora de Libras, Talitha Comar, da Unespar, também pós-graduada em Educação Bilíngue para Surdos e em Educação Especial. A palestra tratou sobre: “Perspectivas na Educação dos Surdos, e onde estamos e para onde vamos?”.


Participaram também representantes do Instituto Londrinense de Educação de Surdos (ILES) e Secretaria da Pessoa com Deficiência de Maringá e o secretário da Saúde, Moacir Paludetto Jr.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: