Pesquisar
Close this search box.

Pais dormem em fila por vaga em escola integral

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Pais dormem em fila...

Apesar do esforço por uma das 50 vagas no Infantil 5 na Sebastião Feltrin, com pais chegando ao local no feriado, havia cerca de 40 pessoas quando as matrículas começaram a ser feitas na manhã da quinta-feira

Fila começou a ser formada no feriado de quarta-feira (foto na capa; na quinta pela manhã, as vagas ainda não tinham acabado

A busca por uma das 50 vagas de ensino integral na Escola Municipal Professor Sebastião Feltrin, de Rolândia, levou muitos pais a passarem a noite em uma fila. Como as matrículas começariam na quinta-feira (16), muita gente se antecipou e chegou à escola já na quarta-feira (15), feriado nacional da Proclamação da República. Essa situação levou a diretora Silvana Ciola Festi a ir até o estabelecimento escolar para conversar com quem estava na fila. “Avisei-os que poderiam ir embora e que haveria vagas para as crianças que se encaixassem nos quesitos, bastava que chegassem na quinta de manhã’, ressaltou a diretora.


Apesar disso, muita gente continuou na fila e passou a noite em frente à escola. “Nós estamos com 360 alunos em período integral, abrangendo do Infantil 5 até o 5º ano. Neste ano, tivemos um grupo de 55 alunos do Infantil 5 que realizaram a rematrícula e ingressarão no 1º ano em 2024. Automaticamente, tínhamos que preencher novamente essas 55 vagas para novos alunos”, informou Silvana. Pela manhã, a diretoria afirmou ao JR – Um Jornal Regional que havia cerca de 40 pessoas na busca pelas 50 vagas.


A diretora revela que já foram realizadas 5 matrículas para crianças que frequentavam o CMEI da Vila Oliveira. “Restaram, então, 50 vagas disponíveis para matrícula entre os dias 16 e 22, destinadas aos alunos que residem na Vila Oliveira, seguindo os critérios da normativa estabelecida. Para garantir a vaga aqui na escola as crianças devem completar cinco anos até 31 de março de 2024, e os pais precisam residir na Vila”, pontuou.


Conforme informado pela diretora, o processo de matrícula segue até dia 22 e, a partir do dia 23, as vagas remanescentes ficam abertas para as crianças de outros bairros. “O que é algo geralmente difícil de acontecer”, ressaltou.


“Os pais querem ter essa tranquilidade de saber que os filhos estão aqui na escola das 7h30 até às 16h, sempre todos muito bem cuidados, alimentados, e com uma carga horária de estudo também maior. Os pais necessitam e almejam por essa oportunidade, e por isso, mesmo que ainda tenham vagas suficientes sem precisar necessariamente dormir na fila para garantir essa vaga, eles enfrentam todas essas situações pelos filhos”, afirmou Silvana.


Além da Sebastião Feltrin, Rolândia conta com dois CMEIs com ensino no período integral (Rita Teodoro e Pedro Serpeloni). “Nossa intenção é iniciar o ensino integral na escola Geralda Chaves, mas estamos dependendo da aprovação do Núcleo Regional de Educação”, revelou Leise Camargo, secretária de Educação de Rolândia.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: