Pesquisar
Close this search box.

Rolândia: escola municipal faz seu álbum de figurinhas

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Rolândia: escola municipal faz...

Professora da Escola Municipal Luiz Real criou um ‘Álbum da Copa’ diferente e criativo com figurinhas dos alunos, professores e funcionários

Álbum incentiva as crianças a não faltarem à aula

Um álbum de figurinhas inspirado no oficial da Copa do Mundo e voltado para alunos do ensino fundamental tem feito sucesso em São Martinho, distrito de Rolândia. A iniciativa foi criada pela professora de Artes, Tatiana de Souza Ferreira da Silva, que atua na Escola Municipal Luiz Real. Além de oportunizar para as crianças que não têm condições de comprar a possibilidade de ter um álbum de figurinhas da Copa, a ação ocorreu como incentivo junto com a campanha “Criança fora da escola não pode”.


A professora criou um álbum de figurinhas com os alunos, professores e funcionários, como se fosse o álbum da Copa do Mundo e produziram pacotes de figurinhas para premiar, semanalmente, as turmas com maior índice de presença. Ao todo, são 188 figurinhas de todas as turmas, que incluem também os professores e os funcionários. A atividade realizada, que é um verdadeiro golaço de criatividade e tem chamado a atenção de muitas pessoas, também serve como inspiração para outras escolas.


“Nem todos os alunos têm condição de comprar esse álbum da Copa que acaba saindo caro no final, uma vez que tem que comprar todas as figurinhas paracompletar o álbum. Então a ideia surgiu em fazer um álbum para as crianças na escola de uma maneira que todos pudessem compartilhar. Com isso, nós resolvemos vincular essa atividade com o projeto ‘Criança fora da escola não pode’, que incentiva os alunos a não faltarem nas aulas”, conta a professora Tatiana.


De modo geral, o índice de frequência dos alunos está abaixo do esperado e, por isso, a professora e a direção pedagógica da escola aproveitaram a campanha da Secretaria de Educação e decidiram premiar todos os alunos da turma que tivessem a frequência semanal maior, incentivando-os a evitar as faltas desnecessárias. “As crianças amaram a ideia e nosso índice de frequência já começou a melhorar. O projeto será desenvolvido ao longo dos meses de novembro e dezembro e não tem custo algum para as crianças”, revela a diretora Anna Amélia Nascimento Ribeiro.


Para entender melhor como o álbum foi construído, a professora explica que comprou uma arte já pronta que ilustrava uma semelhança com o álbum original da Copa e que cada criança tirou uma foto. “Nós modificamos várias coisas nessa para não ser um plágio, colocamos o símbolo da escola, mudamos os nomes e colocamos o nome das crianças. Lá eles são os ‘craques’ da escola”, pontua a docente de Artes.
As turmas que forem batendo essa meta de presença nas aulas,ganham um pacotinho de figurinha e eles completam o álbum – há um álbum da sala e um álbum geral.


“Toda a escola está participando do projeto, vai desde os menores até ao 5º ano do Ensino Fundamental. Para fazer a entrega das figurinhas acessamos a plataforma Total BI, que nos oferece um relatório em porcentagem da frequência de cada turma ao longo da semana, e a primeira turma a ser premiada foi a turma do 2º ano”, pontuou a professora Tatiana de Souza.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: