Pesquisar
Close this search box.

Campeã mundial de Jiu-Jitsu

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Esporte
  6. /
  7. Campeã mundial de Jiu-Jitsu

Após conquistar a prata em um campeonato estadual em outubro, a atleta Josiane Targa ganhou o ouro em uma competição de nível mundial

A atleta Josiane Targa

A atleta e personal trainer rolandense Josiane Oliveira Targa conquistou a medalha de ouro no campeonato Mundial de Jiu-Jitsu. A competição foi realizada pela Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Esportivo (CBJJE) nos dias 24 e 27 de novembro no Ginásio Ibirapuera, em São Paulo. Por lá passaram atletas de alto nível do mundo inteiro.


Josi representa a cidade e também a Academia Magoo Jiu-Jitsu de Londrina, e filial de Rolândia, do professor André Luís de Oliveira, que há 20 anos atua como seu treinador. “Treino e faço a preparação física na filial Magoo Jiu-Jitsu de Rolândia. No campeonato lutei na categoria peso pena, faixa marrom, master II. Recentemente também recebi na sede da Magoo a faixa preta, o que é mais um marco, pois eu sou a primeira mulher faixa e campeã mundial em Rolândia”, afirma a lutadora.


Josiane iniciou a prática de Jiu-Jitsu em 2004 com um único objetivo: aprender a se defender diante de tanta violência contra a mulher. Paralelamente praticava um esporte totalmente diferente da luta marcial: o fisiculturismo. “Nesse período que fazia Jiu-Jitsu, iniciei a graduação em Educação Física, pois queria trabalhar com a preparação física de atletas praticantes de artes marciais. Em 2008 fui campeã estadual na faixa azul e, em 2012, fui vice-campeã sul-americana de Jiu-Jitsu na faixa marrom”, relembra.


No mesmo ano, recebeu o convite de um fisiculturista campeão Mundial. Foi quando ela começou a se preparar para competir. “Na época aceitei ir para outro esporte, pois queria aprender sobre treinamentos e estratégias avançadas para hipertrofia muscular, redução de gordura corporal, emagrecimento e tudo que podia ser útil na minha profissão. Em 2014, em minha 1ª competição, fui campeã estadual e comecei a focar muito mais neste esporte”, recorda.


Neste período ela também acabou não conseguindo dar a ênfase necessária para os dois esportes por conta de ter aspectos condicionantes e objetivos diferentes. “Com isso, dei preferência ao fisiculturismo. Logo meu marido, que é diabético, necessitou de tratamento como hemodiálise e transplante duplo de pâncreas e rim. Tive que parar de competir dando toda a atenção aos cuidados dele e a meu filho”, relata Josi.


Com isso, a atleta ficou 10 anos afastada dos esportes. “Quando estou competindo me sinto viva, isso me traz saúde física e mental, me sinto uma pessoa melhor, pois também incentivo outras pessoas, especialmente mulheres, mães e esposas a buscarem suas realizações pessoais e viverem os seus sonhos”, afirma.

Batalha financeira
Em 2022, Josiane realmente se empenhou em retomar às competições, mas por falta de patrocínio os desafios financeiros também apareceram. “Fizemos rifas, brechó, parcerias e busquei patrocínios. Depois de muita luta, consegui levar a família toda, e eu e meu filho fomos competir (…) em todo esse período eu vivi momentos inesquecíveis que ficarão eternizados na história dos esportes e da minha vida”, confessa.


Josiane aproveitou para agradecer ao apoio da Prefeitura de Rolândia, Grande Casa Acabamentos de Londrina, Maicon Stacholski engenheiro mecânico, Tais Tschá Fisioterapia, Ivanilde Tschá Terapeuta Integrativa, Store Guimarães VIP, Studio Realce e também alunos, amigos e familiares que a apoiaram.

Contato
A atleta também dá aulas de personal, em turma feminina/masculina/misto para ensinar defesa pessoal, e proporcionar mais qualidade de vida e saúde. Os treinos ocorrem no Studio JT Treinamentos Físicos (Topázio, 780, Vila Oliveira), na Galeria Rodrigues e Oliveira.
O contato da atleta é o (43) 99660-0629 ou o Instagram @josi_targapersonal.fit.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Esporte

Cambé: Ouro e Plus no esporte

Município recebeu o último selo de programa de esporte do Governo do Estado; Cambé é a 2ª cidade entre as 27 do Norte do Paraná

Esporte

Karatê: Rodolfo é faixa-preta

Rolandense é o 1º karateca com Down a receber a faixa-preta no Paraná Rodolfo Augusto Schmidt Martins é um garoto rolandense de 20 anos. Portador