Pesquisar
Close this search box.

Mercadão Ferroviário: 1ª fase começa neste mês

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Infraestrutura
  6. /
  7. Mercadão Ferroviário: 1ª fase...

Empresa de Minas Gerais ganha licitação de R$ 2,2 milhões e deve iniciar obra ainda em junho

Cristina Pieretti, Andrezinho da Farmácia, Zeca Salgueiro, Ratolino, Reginaldo Silva, Ailton Maistro, Rodrigão, Sandro Leonardi e Guilherme Spanguemberg (foto: CMR)

O futuro mercado municipal de Rolândia já tem nome e mês para começar a ser ‘construído’: Mercadão Ferroviário e deve começar ainda em junho. A obra tem três fases e a empresa Lagotela (MG) ganhou a primeira etapa pelo valor de R$ 2.235.000,00. O contrato foi assinado na quarta-feira (5) e o serviço deve ficar pronto em 6 meses. “No final do ano faremos a licitação da 2ª fase, de R$ 1,7 milhão, para ser iniciada em janeiro do ano que vem”, revelou Zeca Salgueiro, secretário de Planejamento de Rolândia. A terceira e última etapa, de valor em torno de R$ 2 milhões, deve terminar no final de 2025.


“Faremos essa primeira etapa com recursos próprios e já levantamos o recurso para a 2ª fase. Nossa previsão é que a obra toda fique em até R$ 6,5 milhões. Tudo dependerá do acabamento que dermos, da vidraçaria”, ressaltou Zeca. Nessa 1ª fase, a maior parte da obra não será visível: a parte de esgoto e de galerias, as fundações para subir a estrutura metálica, o cercamento total da área, o cobrimento do barracão com telhas metálicas, reforço das estruturas.


“Dentro será tudo em dois pavimentos. Será tudo em estrutura metálica fechado com gesso acartonado na parte de cima e, embaixo, tudo com vidro nas paredes das lojas, formando um corredor”, explicou o secretário. “Todo o recurso é do município nesta primeira fase, lembrando também das emendas impositivas dos vereadores e vereadoras de Rolândia de R$ 2 milhões, ou seja, de R$ 200 mil de cada parlamentar”, pontuou Zeca Salgueiro.


Ainda segundo Zeca, o recurso da segunda fase já existe e vem dos deputados federais Felipe Barros (PL), com R$ 1,5 milhão, e Nelsinho Padovani (União) com R$ 200 mil. O Mercadão, quando pronto, terá cerca de 2,8 mil m2 e abrigará o mercado municipal, servirá de apoio para MEIs, micro e pequenos empreendedores que atuam no ramo de cultura, gastronomia, artesanato, além da Secretaria de Cultura e Turismo, e de um espaço para apresentações culturais. O local no entorno deve ter 350 vagas de estacionamento.


Na tarde da quinta (06), os vereadores e vereadoras, o prefeito Ailton Maistro e Zeca Salgueiro apresentaram o projeto de revitalização do Barracão Ferroviário, que será o futuro Mercadão. Além de apresentar e detalhar o projeto, o ato serviu para a assinatura do contrato para iniciar a obra no local.
O Governo Federal cedeu o barracão do futuro Mercadão Ferroviário a Rolândia pelo prazo de 20 anos, podendo-se se prorrogar por 35 anos.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Infraestrutura

Uma ciclovia no jardim Santo Amaro, em Cambé

Prefeitura Municiapl de Cambé apresentou o projeto de construção de ciclovia na Avenida Gabriel Freceiro de Miranda No sábado (8), a Prefeitura de Cambé promoveu