Pesquisar
Close this search box.

Idosos da Casa I do Maanaim saem da quarentena

  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Idosos da Casa I...

    Maria das Graças Cidade de Novais, presidenta da Casa de Repouso Maanaim, enviou uma nota sobre os casos de Covid-19 e as mortes que aconteceram na instituição. No relatório, Maria das Graças faz uma descrição cronológica da doença no Maanaim desde o primeiro caso, em maio. Na nota, a presidente fala da saída de quarentena de dezenas de idosos e da testagem negativa feita recentemente.

    Atualmente, a Casa de Repouso Maanaim está atendendo a seus idosos em três locais: na Casa 1 e Casa 2 (ambas na rua Europa) e na escola Sebastião Feltrin, na Vila Oliveira. “Na Casa 2, todos os 25 idosos passam bem e estão curados, sem exceção. Na Casa 1, os 20 idosos saíram da quarentena na segunda-feira (24) e estão assintomáticos. Graças a Deus. Sobre os 11 idosos que estão na escola, vou falar com a Saúde e ver quando eles devem retornar para as casas do Maanaim”, afirmou Maria das Graças.

    De acordo com a presidenta, são 56 idosos atendidos atualmente pela Casa de Repouso Maanaim, que é uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI). “São 20 idosos na Casa 1, 25 na Casa 2 e 11 estão na escola municipal Sebastião Feltrin”, explicou a presidenta Maria das Graças. A entidade teve, até o momento, sete óbitos em decorrência da doença. Abaixo, a nota da Casa de Repouso Maanaim na íntegra.

Relatório sobre o Covid na Casa de Repouso Maanaim

No dia 6 de março de 2020, uma sexta-feira, no período da manhã, ao chegar à Casa de Repouso Maanaim o gerente administrativo, me passou a informação de uma notícia sobre um vírus (coronavírus), até então em outros países e alguns casos a princípio em São Paulo-SP a serem confirmados. Neste mesmo dia, entramos em contato com as famílias dos nossos internos, para as quais passamos essas informações e comunicamos que diante essas notícias estaríamos suspendendo as visitas temporariamente até maiores esclarecimento com relação a este vírus. Assim como entrada de qualquer pessoa, com exceção apenas dos funcionários, que passaram por orientação dada pela própria instituição, sendo obrigatório o uso de máscaras a princípio.

No dia 17 de março de 2020, uma terça-feira, a instituição recebeu apenas um comunicado (ofício de nº 073/2020) solicitando a suspensão das visitas por 60 dias, visto que já tínhamos tomado tal medida. Uma semana antes do vencimento da data do ofício entramos em contato com a Vigilância Sanitária pedindo orientação como prosseguir com período para visitas. No dia 14 de maio, recebemos o segundo ofício (de nº 125/2020/VISA) com a suspensão por tempo indeterminado de familiares, voluntários e/ou outras pessoas que não desempenhassem atividades na instituição.

No dia 25 de maio, segunda-feira, um dos nossos idosos foi encaminhado ao hospital local (São Rafael), com uma provável pneumonia aspirativa, visto que o idoso referido era portador de uma Disfagia (dificuldade na deglutição), o mesmo havia bronco aspirado. Foram realizados exames para covid-19 (Swab) com resultado negativo para a Covid-19. O paciente foi encaminhado para o Hospital da Providência em Apucarana, onde também foi realizado teste Swab para Covid-19, tendo como resultado negativo, retornando à instituição no dia 1º de junho, uma segunda-feira, às 14h40horas.

No dia 02 de junho, terça, às 10 horas, o paciente/idoso apresentou-se apático, pouco responsivo a estímulos, sem contato verbal. Diante piora do quadro respiratório, foi feito o contato com o SAMU, que fez os primeiros procedimentos e o levaram ao hospital. No dia 03, o paciente/idoso veio a falecer no Hospital Universitário, em Londrina, onde deram como causa morte a Covid-19. Cremos que essa foi a causa dos outros cinco óbitos, foram diagnosticados para Covid-19. Esses idosos que vieram a falecer, além da vulnerabilidade, tinham outras comorbidades.

Todas as medidas de prevenção foram tomadas estritamente pela instituição, desde o primeiro momento. A Casa conta com duas casas, Casa I e Casa II. Na Casa I, sem nenhum caso, todos os idosos passam bem. Mediante o primeiro caso na Casa II, a instituição decretou a ordem que: nenhum dos funcionários da Casa I viesse à Casa II e vice-versa, e todas as duas casas foram adequadamente paramentadas. Seguimos recebendo apoio semanal da equipe de Epidemiologia para realização dos testes, Swab e teste rápido, estes sendo alternados, semana um e semana outro. No último teste em nossos idosos, realizado no dia 11 de agosto, todos os idosos da Casa I, que até o momento estavam negativados, foram positivados. Hoje, segunda-feira, dia 24 de agosto, graças a Deus todos saem da quarentena.

Diante deste relato acima, venho através deste conceituado meio de comunicação deixar minha gratidão meu carinho e respeito a todos os nossos amigos, colaboradores, todas as famílias todos os nossos companheiros, todas as pessoas que, direta ou indiretamente, têm contribuído com a Casa de Repouso Maanaim em especial neste momento tão difícil, diante dessa pandemia global em que estamos vivendo. Venho externar a todos a minha gratidão e dizer que, para honra e glória do Nosso Senhor Jesus Cristo, graças a Deus e às orações de tantas pessoas queridas, muitos amigos e companheiros, nós podemos dizer que vencemos essa batalha.

Como em toda guerra, mesmo saindo vitoriosos, alguns de nossos bravos soldados vieram a sucumbir e, com isso, infelizmente, tivemos algumas perdas: seis dos nossos idosos com maior número de comorbidades, mais vulneráveis, além da idade e suas patologias, não resistiram.

Em conversa com a dra. Alessandra, que está acompanhando um de nossos pacientes que ainda continua no HU na luta contra esse inimigo invisível, duas ILPIS (Instituição de Longa Permanência para Idosos) na região próximo a Maringa infelizmente tiveram uma perda de 50% dos seus idosos. É uma realidade muito triste.

Graças a Deus vencemos! Quero junto com todos nossos amigos, companheiros e nossos irmãos de caminhada agradecermos a Deus. Obrigada a todos, e vamos permanecer com esses cuidados especiais que sempre tivemos. Nosso agradecimento em especial, a toda nossa equipe, nossos funcionários que bravamente enfrentaram essa batalha, sem medir esforços, no momento em que precisei me ausentar por problemas de saúde. A toda equipe, a todos os funcionários da Casa de Repouso Maanaim, minha eterna gratidão, foram momentos difíceis, mas vencemos! Cristo é o nosso general de guerra!

Graças a Deus vencemos! Obrigada a todos!

Maria das Gra̤as C. Novais Рpresidenta

Casa de Repouso Maanaim

Rua Europa, 1144 / 1115 – Centro. Rolândia – PR.

Telefone: (43) 3015-2047

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: