Pesquisar
Close this search box.

Executivo tem nova líder no Legislativo rolandense

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Política
  6. /
  7. Executivo tem nova líder...

Vereadora Cristina Pieretti é a nova líder do prefeito na Câmara; além disso, a parlamentar é mais uma vez a nova Procuradora dentro da Procuradoria da Mulher de Rolândia

A vereadora Cristina Pieretti (PP) é a nova líder do Executivo na Câmara de Rolândia e também a nova Procuradora da Mulher, dentro da Procuradoria da Mulher de Rolândia, ativa desde outubro de 2021.


Com a responsabilidade de conduzir os projetos do Executivo no Legislativo, e retornar à função que já exerceu enquanto procuradora, Pieretti conversou com o JR – Um Jornal Regional, e destacou a importância de assumir essas posições. Como líder, Cristina pretende garantir que as tramitações ocorram de maneira eficiente, abordando questões como documentação, horário e prazo de votação.


“A liderança do Executivo, com o prefeito Ailton Maistro, me dá mais responsabilidade, pois tenho a obrigação de lidar com todos os aspectos dos projetos, desde a sua formulação até a sua votação na Câmara de Vereadores. Isso inclui garantir que a documentação esteja completa e que o projeto atenda aos anseios tanto do prefeito quanto dos vereadores e da população”, ressaltou a vereadora.


Cristina Pieretti enfatizou que, ao aceitar a liderança do prefeito, baseou sua decisão em uma avaliação positiva da gestão municipal. Ela destacou a mudança de foco em relação ao passado, quando as votações eram predominantemente políticas, prejudicando a efetiva administração do município.


“Antes, as votações eram marcadas por interesses políticos, sem uma efetiva preocupação com a gestão. Isso impedia o avanço do município, pois se pensava mais em questões partidárias do que na efetiva resolução dos problemas. Acredito que chegou a hora de equilibrar a política com a gestão, e o prefeito Maistro tem feito uma gestão satisfatória para Rolândia”, afirmou a parlamentar.


Pieretti ainda acrescentou que não irá deixar de falar dos problemas que o prefeito precisa resolver, como a questão do mau cheiro na cidade, por exemplo. “Agora o meu foco é fazer com que as pessoas entendam que o prefeito tem trabalhado e se esforçado para resolver os problemas. Até o ano passado, não era da base do Ailton, mas, a partir do momento em que assumi a responsabilidade de ser líder do prefeito e defender os anseios e desejos desse Executivo, eu faço parte da bancada e tenho essa obrigação como líder de fazer esse relacionamento entre a Câmara e o Executivo”, acrescentou.


A vereadora reforça que está comprometida em resolver problemas antes mesmo de levá-los à Tribuna, buscando sempre o diálogo e a resolução eficiente. “Como líder dele, tenho responsabilidade com isso, e assumo assim com muita tranquilidade a liderança do prefeito, entendendo o que precisamos de gestão de Rolândia. Para defender que todas as obras sejam executadas, que os projetos sejam aprovados e que Rolândia cresça cada vez mais”, finalizou.


Procuradoria
Dentro da Procuradoria da Mulher, Cristina destacou a importância de evoluir constantemente para atender às necessidades da população, em especial, das mulheres. “Houve avanços durante minha gestão anterior: o município atingiu um nível satisfatório de atendimento às mulheres vítimas de violência em comparação a anos anteriores”, pontuou.


Mas, mesmo com um cenário positivo, ela reconhece que há espaço para melhorias, mencionando a construção da Casa da Mulher, que ainda está em andamento e também cita a implementação de um novo programa de atendimento que visa abordar uma questão emergente no município: mulheres que enfrentam processos criminais relacionados ao tráfico de drogas.


“Para lidar com esse problema, a Procuradoria está ampliando suas ações. Além de prestar atendimento às vítimas de violência e tratar dos problemas de saúde das mulheres em todas as suas dimensões de fragilidade, a Procuradoria agora também está focada em lidar com as mulheres envolvidas em processos penais relacionados ao tráfico de drogas”, explicou.


De acordo com a Procuradora, até o momento, o órgão tem se dedicado ao atendimento dessas mulheres que foram afetadas por crimes relacionados ao tráfico de drogas, seja como vítimas ou rés, e um programa abrangente de atendimento está sendo desenvolvido, o qual será oficializado por meio de um decreto do prefeito. Esse programa visa encaminhar essas mulheres para o mercado de trabalho, proporcionando oportunidades de emprego, além de incentivar o retorno aos estudos.


Por fim, a vereadora também destaca a existência de uma lacuna a ser preenchida no atendimento a imigrantes, especialmente haitianas e venezuelanas. Pieretti planeja abordar essa questão ao longo do ano, estudando as leis e compreendendo a cultura dessas comunidades para adequar os serviços às suas necessidades.

Quem pode buscar ajuda
O serviço da Procuradoria da Mulher é destinado às mulheres que precisam de acolhimento devido a casos de violência física, psicológica, patrimonial. Mulheres que forem vítimas de qualquer tipo de violência podem procurar a Procuradoria para orientação e encaminhamento do caso. As mulheres que precisarem podem procurar o órgão na Câmara de Vereadores (Duque de Caxias 288), de segunda a sexta, do meio-dia às 18 horas, ou também podem entrar em contato com a Procuradora Cristina Pieretti pelo (43) 9. 9931-1290.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Política

Prefeitos com o Governador

Na terça (28), os prefeito Ailton Maistro (Rolândia), Sérgio Onofre (Arapongas) e Zé Maria (Ibiporã) tiveram uma audiência com o governador Ratinho Júnior e com