Pesquisar
Close this search box.

Número de eleitores e de votos para vereador na região

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Política
  6. /
  7. Número de eleitores e...

Saiba o número de eleitores e a quantidade de votos necessária para uma cadeira nas Câmaras de Rolândia, Cambé, Arapongas, Ibiporã, Jaguapitã e Prado Ferreira

Muitos cartórios eleitorais receberão novas urnas a partir de maio

O JR – Um Jornal Regional quis mostrar a seus leitores e leitoras um panorama das eleições municipais de 06 de outubro quando o assunto é quantidade de eleitores e quociente eleitoral para as cadeiras do Legislativo. Em busca dessas informações, o JR entrou em contato com os cartórios eleitorais de Rolândia, Cambé, Arapongas, Ibiporã, Jaguapitã e Porecatu (responsável por Prado Ferreira). Em tempo: o quociente eleitoral, o QE, é a quantidade necessária de votos para que um partido tenha uma vaga na Câmara Municipal.


Rolândia ultrapassou os 50 mil eleitores na quarta-feira da semana passada, dia 17 de abril semana. “Nessa data, o município chegou a 50.023 mil eleitores e eleitoras, mas esse número deve mudar até o dia 08 de maio”, explica Mário Bannwart, chefe do Cartório Eleitoral do município. Com 50 mil eleitores e com as médias históricas de abstenção, votos nulos e brancos, uma vaga no Legislativo deve ‘custar’ cerca de 3,5 mil votos.


Como? Com 50 mil eleitores e uma média de abstenção de cerca de 20%, devem ir às urnas rolandenses cerca de 40 mil eleitores. Desses 40 mil, cerca de 13%, historicamente, votam em branco ou anulam os votos. Isso quer dizer que aproximadamente 5,2 mil eleitores e eleitoras não terão seus votos validados. O número de votos restante – cerca de 35 mil –, chamado de votos válidos, deve ser dividido pelo número de vagas na Câmara, ou seja, deve ser dividido por 10. Chegamos, então, a 3,5 mil votos para cada cadeira.


“Em Cambé, são 75.817 eleitores em números até a terça-feira desta semana”, revela Camila Garcia, chefe do Cartório Eleitoral do município. Em 2016, numa eleição ‘normal, sem uma pandemia, houve abstenção de cerca de 10% e 13% de votos nulos e brancos para o Legislativo. Usando esses percentuais em 2024, cerca de 68,2 mil pessoas irão às urnas e haverá 59,3 mil votos válidos para a Câmara. Dividindo essa quantidade pelo número de vagas no Legislativo, teríamos um QE de aproximadamente 5,9 mil votos para cada cadeira.


“No município de Arapongas, tínhamos 84.186 eleitores e eleitoras até a terça, dia 23”, pontuou Mariângela de Souza Melo, chefe do Cartório Eleitoral do município. Com a abstenção de quase 19% de 2016, aproximadamente 68,1 mil pessoas votarão em 2024. Naquela eleição, os votos nulos e brancos passaram de 18%, o que se traduziria na eleição deste ano em quase 56 mil votos válidos. Esse número dividido pelas 15 vagas de parlamentares daria um quociente eleitoral de 3,7 mil votos.


“No município de Ibiporã, o número de eleitores chegou a 40.335 nesta semana”, explica Ana Carolina Gonçalves Ferreira Diehl, chefe do Cartório Eleitoral do município. Na eleição municipal de 2016, houve cerca de 18% de abstenção e 12% de votos nulos e brancos para o Legislativo. Aplicando-se esses percentuais ao número de eleitores atuais, devem ir às urnas em outubro aproximadamente 33 mil eleitores e esses deixariam cerca de 29,1 mil votos válidos. Ao dividir os votos válidos pelo número de cadeiras na Câmara, tem-se o QE de 3,2 mil votos por vaga de vereador.


“O município de Jaguapitã contava com 10.931 eleitores e eleitoras nesta semana”, informou Celismara Lima da Silva, chefe do Cartório Eleitoral do município, ao JR. Com cerca de 17% de abstenção na eleição de 2016 e 5% de votos nulos e brancos para vereadores, números usados como base no cálculo para este ano, o número de votos necessários para um partido fazer um dos 9 vereadores da cidade seria de cerca de 900 votos.


“No município de Prado Ferreira, há, nesse momento, 3.177 eleitores e eleitoras aptos a votar no dia 06 de outubro”, pontuou Marco Antônio Soares de Pinho, chefe do Cartório Eleitoral de Porecatu, responsável por Prado Ferreira. Em 2016, a abstenção ficou em 3,3% e os votos nulos e brancos para a Câmara ficaram em 2,5%. Utilizando esses números em uma simulação para a eleição de 2024, o QE para um partido ter uma das 9 cadeiras do Legislativo seria de aproximadamente 300 votos.

Título até dia 08
O dia 8 de maio é a data limite para os eleitores que desejam realizar processos com o título de eleitor como, por exemplo, revisão ou transferência. Até esse dia, 28 Fóruns Eleitorais do Paraná atenderão das 9h às 18h, entre eles Cambé, Arapongas e Londrina. O eleitor domiciliado no Paraná pode ir em qualquer cartório eleitoral do estado para resolver suas pendências. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), o próximo plantão será no sábado (04), das 09 às 17h, e no domingo (05), das 9 às 13 horas.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Política

Prefeitos com o Governador

Na terça (28), os prefeito Ailton Maistro (Rolândia), Sérgio Onofre (Arapongas) e Zé Maria (Ibiporã) tiveram uma audiência com o governador Ratinho Júnior e com