Pesquisar
Close this search box.

Alerta para surto de dengue em Cambé

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Saúde
  6. /
  7. Alerta para surto de...

Mais de 20 bairros do município estão em situação de risco para um surto da doença

Foto: Portal Cambé

Mais de 20 bairros de Cambé estão em situação de risco para um possível surto de dengue por conta do número de criadouros ativos do mosquito. De acordo com os dados divulgados pelo Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), na terça-feira (21), no período de 06 a 11 de março, 21 bairros apresentaram o índice predial superior a 4%, que mede o número de domicílios com focos do mosquito transmissor da dengue.


De acordo com o último LIRAa, os bairros que apresentam risco mais alto para um possível surto de dengue são: Campos Verdes (15,38), Centro I (13,63), Ana Eliza II (10,34), Guarani (8,51), Portal do Lago (8,33) e Jardim Josiane (8,33). Os índices representam o número de criadouros ativos do mosquito da dengue para cada 100 residências. Além disso, outros 13 bairros da cidade estão com índices que os colocam em situação de alerta.


O índice predial da cidade, que é uma média geral dos dados do município, coloca toda a cidade em situação de alerta para a dengue, já que registrou 3,8. Essa porcentagem indica que, dentre os 3.133 imóveis vistoriados, foram encontrados 150 criadouros ativos do mosquito. De acordo com os dados do LIRAa, a maior parte dos criadouros do Aedes aegypti na cidade foi encontrada nos quintais das casas, principalmente em objetos de plástico e locais de armazenamento de água da chuva. Em Cambé, neste período epidemiológico, que começou em agosto de 2022 e finaliza em julho de 2023, já foram confirmados 56 casos de dengue. A cidade não registrou óbitos no período.


Mutirão de limpeza
Nelci Mariano, coordenadora dos serviços de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde de Cambé, ressalta que uma nova rodada de mutirões de limpeza foi programada para começar a partir do próximo sábado, dia 25 de março. “Com a chuva constante das últimas semanas e o calor, as pessoas devem ficar ainda mais atentas aos cuidados com o mosquito da dengue”, alerta.


O mutirão vai começar pela pela região do Jardim Guarani e Cristal no sábado (25), a partir das 7h, mas as pessoas devem deixar os materiais na sexta-feira (24) à noite na calçada em frente às casas. O mutirão só vai recolher objetos que acumulam água, como pneus, garrafas e móveis. Galhos de árvores e entulhos não serão recolhidos.


Nos próximos sábados, o mutirão segue para outras regiões da cidade, conforme o cronograma: dia 01 de abril na região central e Cambé II; dia 15 na região do Jardim Ana Rosa e Cambé 4; dia 29 no Jardim São Paulo e Santo Amaro; dia 06 de maio na região do Novo Bandeirantes; e no dia 13 de maio Jardim Silvino.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Saúde

São Martinho tem nova UBS

Inauguração da Unidade Básica de Saúde do distrito de porte 1 aconteceu na sexta-feira; obra ficou em quase R$ 1,5 milhão A nova Unidade Básica