Pesquisar
Close this search box.

Homem em Ibiporã é preso por ter imagens de abuso infantil

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Segurança
  6. /
  7. Homem em Ibiporã é...

Ação da Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão e prendeu homem em flagrante por armazenamento de imagens e vídeos contendo abuso sexual infantil

A Polícia Federal de Londrina prendeu um homem de 28 anos em Ibiporã por armazenamento de imagens e vídeos contendo abuso sexual infantil na segunda-feira (04). A prisão está dentro da Operação Sepulcro Caiado 4 em combate a crimes relacionados ao abuso sexual infantil, parte de uma investigação constante no combate de crimes de produção, armazenamento e distribuição de material com pornografia infantil em Londrina e região.


A PF foi até Ibiporã para cumprir um mandado de busca e apreensão na cidade, mais exatamente no Bairro Esperança. Durante a busca, os policiais localizaram armazenamento de imagens e vídeos relacionados ao abuso sexual infantil no celular do investigado.


O homem, de 28 anos, que trabalha na área de turismo, e não possui antecedentes criminais, foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Federal, para realização dos procedimentos de Polícia Judiciária e está à disposição da Justiça Federal de Londrina. O celular apreendido passará por perícia.


Os atos de adquirir, possuir ou armazenar fotografias, vídeos ou qualquer tipo de registro de abuso sexual infantil são punidos com pena de reclusão de 1 a 4 anos, e multa, com recente alteração pela lei 14.811/2024 que passou a ser considerado crime hediondo, sem direito à fiança.

Inafiançável com fiança
Apesar da recente alteração pela lei 14.811/2024, que passou a considerar crime hediondo, sem direito à fiança, possuir ou armazenar fotografias, vídeos ou qualquer tipo de registro de abuso sexual infantil, o homem em Rolândia que havia sido preso pelo mesmo crime foi liberado depois de pagar uma fiança de R$ 7 mil.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Segurança

Maio Amarelo no Colégio Roland

Dentro da campanha, ações são realizadas em escolas e colégios Uma ação dentro da campanha ‘Maio Amarelo’ levou um carro batido até a frente do