Pesquisar
Close this search box.

Morre 2º aluno vítima de assassino em colégio de Cambé

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Segurança
  6. /
  7. Morre 2º aluno vítima...

Luan Augusto tinha 16 anos e faleceu às 3h27 da madrugada desta terça-feira; assassino tem 21 anos, é de Rolândia e está preso

Luan Augusto, de 16 anos, é a segunda vítima de disparos feitos por um atirador no Colégio Estadual Helena Kolody

O estudante Luan Augusto, de 16 anos, faleceu na madrugada desta terça-feira (20) no Hospital Universitário de Londrina (HU). O aluno é a segunda vítima de disparos feitos por um atirador no Colégio Estadual Helena Kolody, em Cambé (PR), na manhã da segunda-feira (19). Além dele, sua namorada Karoline Verri Alves (17) também foi morta no ataque à instituição de ensino por um ex-aluno de 21 anos, que mora em uma chácara em Rolândia (PR). O assassino está preso.

A morte de Luan foi confirmada por um boletim do Hospital Universitário. Segundo o HU, ele estava em coma, com suporte respiratório e na UTI sob cuidados, mas apresentou um quadro de parada cardiorrespiratória e as manobras de ressuscitação cardiopulmonar não surtiram efeito. O estudante veio a óbito às 3h27 da madrugada.

Doação de órgãos

Depois de uma entrevista com a família, a equipe do hospital recebeu a autorização para a realização de doação de órgãos – o globo ocular – , único órgão possível em casos de protocolo de parada cardíaca.

Escolha aleatória

Em seu depoimento à polícia, o assassino disse que escolheu as vítimas aleatoriamente. O agressor fez, pelo menos, 16 disparos dentro do colégio cambeense, segundo o delegado-chefe da 10ª Subdivisão Policial de Londrina, Amarantino Ribeiro. A informação também foi dada pelo secretário de Segurança Pública do Paraná, Hudson Teixeira, que disse que o assassino não conhecia as vítimas.

A secretaria ainda informou que, em contato com a família do assassino, foi informada de que ele é esquizofrênico e que faz tratamento para a doença.

Parceiros?

Ainda na segunda-feira (19), um rapaz de 21 anos foi preso e um adolescente, de 13 anos, foi apreendido, ambos em Rolândia. Os dois são suspeitos de ajudar a planejar o ataque, de acordo com as palavras do secretário Hudson Teixeira.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Segurança

Maio Amarelo no Colégio Roland

Dentro da campanha, ações são realizadas em escolas e colégios Uma ação dentro da campanha ‘Maio Amarelo’ levou um carro batido até a frente do