Pesquisar
Close this search box.

Motorista que invadiu bar continua preso em Rolândia

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Segurança
  6. /
  7. Motorista que invadiu bar...

Juiz arbitrou fiança de R$ 1,5 mil, que não foi paga pelo acusado; informação de soltura do motorista não procedia

Detalhe do acidente ocorrido em Rolândia na noite do domingo, dia 13. Foto: Reprodução

Continua preso o motorista suspeito de dirigir um carro que invadiu um bar na Vila Operária, em Rolândia, na noite do domingo (13), e atropelou três pessoas. O condutor, que não teve o nome divulgado, foi preso logo depois do acidente, que deixou uma das vítimas em estado grave – ela teve que amputar a perna esquerda no hospital. Na sua audiência de custódia, a Justiça arbitrou uma fiança de R$ 1,5 mil, que não foi paga pelo acusado, que continua preso. Anteriormente, foi divulgado que ele teria sido solto na segunda-feira, mas essa informação não procedia.

De acordo com polícia militar, o motorista que estava no veículo tem 32 anos e fez o teste do bafômetro, que mostrou que ele estava dirigindo sob a influência de álcool. No dia do atropelamento, o condutor foi preso em flagrante. Ele tinha 0,73 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

O suspeito ainda não tem advogado de defesa. Segundo informações, durante o depoimento à polícia, o motorista ficou em silêncio a maior parte do tempo. Segundo informações da Polícia Civil de Rolândia, o suspeito do atropelamento já havia sido preso por embriaguez ao volante e ameaça relacionada à violência doméstica.

O homem que ficou mais seriamente ferido no atropelamento, identificado como Marcos Alexandre Firmino (40), precisou amputar a perna esquerda e está em estado grave no Hospital Evangélico de Londrina. Ele continua sedado e os médicos observam a sua perna direita, para ver a sua evolução – há riscos de uma possível amputação. Na noite do acidente, ele foi levado para o Hospital São Rafael, em Rolândia, e imediatamente transferido para o hospital londrinense, que é do tipo terciário.

O suspeito é acusado de lesão corporal grave e, caso a outra perna de Marcos Alexandre seja amputada, a acusação muda para gravíssima.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Segurança

PRF apreende 1 ton de maconha em Cambé

Droga estava em um veículo Toyota Hilux que fugiu da polícia e bateu em uma cerca na BR-369; motorista fugiu pelo mato A Polícia Rodoviária