Pesquisar
Close this search box.

Operação Ano Novo no Paraná teve 64 acidentes e 7 óbitos

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Segurança
  6. /
  7. Operação Ano Novo no...

Números são menores quando comparados com a Operação de Natal, mas número de flagrantes aumentou

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou a Operação Ano Novo no Paraná na segunda-feira (1º). Durante os quatro dias de operação, que teve início na sexta (29), foram registrados 64 acidentes (-36,3%), com 79 pessoas feridas (-26%) e sete pessoas mortas (-30%). Os números percentuais entre parênteses foram comprados com a Operação Natal deste ano. Houve, portanto, quedas nos índices de acidentalidades.

Flagrantes aumentaram

De acordo com a PRF, 384 motoristas foram flagrados ultrapassando em locais proibidos e, em 245 ocasiões, algum dos ocupantes não utilizava o cinto de segurança. Ainda, 72 motoristas foram autuados por embriaguez e três foram presos por dirigirem embriagados. Em relação ao feriado do Natal, foram flagrados 20% a mais motoristas bêbados e registrado um aumento de mais de 300 testes de bafômetro.

Mais números

Ainda segundo a Polícia Rodoviária Federal, 8.275 pessoas e 7.596 veículos foram fiscalizados durante a Operação Ano Novo no Paraná. O relatório também apontou que 54 crianças foram flagradas sem o dispositivo de retenção correto ou irregularmente instalado. Além das multas de velocidade, 2.285 multas por diversas infrações foram aplicadas e 31 pessoas foram presas no feriado.

Mais de cinco mil imagens de motoristas transitando acima da velocidade foram registradas no feriado, uma média de cerca de mais de 60 flagrantes por hora. Alguns flagrantes: Um Jaguar trafegando a 171 km/h na BR-277, no Oeste do estado (São Miguel do Iguaçu) e um Santana a 159 km/h na BR-376, no Norte paranaense (Maringá). Pela infração gravíssima, os motoristas estão sujeitos a uma multa de R$ 880,41, além da suspensão da CNH.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Segurança

Maio Amarelo no Colégio Roland

Dentro da campanha, ações são realizadas em escolas e colégios Uma ação dentro da campanha ‘Maio Amarelo’ levou um carro batido até a frente do