Pesquisar
Close this search box.

Rolândia amplia produção e entrega de ‘leite de soja’

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Social
  6. /
  7. Rolândia amplia produção e...

Entrega passa de duas vezes por semana para todos os dias, de segunda a sexta, em todos os CRAS da cidade; produção aumentou quase 3 vezes mais

O secretário Diego Silva com o leite e a soja

A prefeitura de Rolândia, através da Secretaria de Assistência Social, que voltou a oferecer ‘leite’ de soja para os rolandenses desde agosto, ampliou a produção para atender a grande demanda da cidade. “Muitas pessoas estão procurando o leite de soja em nossos Centros de Referência da Assistência Social. Então decidimos ampliar e otimizar a distribuição, que agora será feita todos os dias”, explica Diego Silva, secretário de assistência social de Rolândia.


Inicialmente a meta de produção de leite que era de aproximadamente 500 saquinhos de cerca de 500 ml por semana. Essa produção teve que aumentar, visto que a demanda aumentou consideravelmente. Nesta semana, por exemplo, a produção chegou a quase 1,3 mil saquinhos de meio litro.


Neste momento todos os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) terão distribuição do leite de segunda a sexta-feira. Há, ainda, a entrega semana no Centro de Convivência dos Idosos (CCI).


“Quem precisar do leite pode procurar desde já qualquer um dos nossos três Cras da cidade: Vila Oliveira, São Fernando e do Jardim Nobre. O atendimento é feito das 9 h da manhã até às 17 horas, agora de segunda a sexta. Já nos distritos, a entrega será às terças e às sextas-feiras nas sub-prefeituras de São Martinho e Bartira, das 8h às 13 horas”, informa o secretário.


No cronograma de entrega leite de soja, a quantidade de entrega prevista é de 150 saquinhos por dia em todos os CRAS da cidade, além de 120 para o distrito de São Martinho e 80 para o distrito do Bartira. Para o CCI, o programado é uma entrega semanal que ocorre às terças-feiras de 150 saquinhos, e mais, uma quantidade de resíduo de farelo do extrato retirado do leite. “Esse produto serve como ingrediente principal de diversas receitas de bolos, tortas, salgados e muito mais” pontua Diego. Vale dizer que, paralelamente à ação de entrega dos leites, a Assistência promove oficinas de culinária que utilizam o resíduo da soja usada para fabricar o leite.


O JR também acompanhou na última semana um pouco mais sobre como é realizado o processo da produção do ‘leite’ na máquina batizada de ‘Vaca Mecânica’. A vaca mecânica vem sendo utilizada com muito sucesso na redução dos índices de desnutrição na cidade e faz parte do programa municipal de segurança alimentar ‘Leve Leite’.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Social

Cervin, de Rolândia, comemora seus 39 anos

As pessoas atendidas pelo Centro de Recuperação Vida Nova têm moradia, recebem apoio psicológico, psiquiátrico, espiritual e participam de diversas atividades como culinária e esportes

Social

Rolândia pode ter censo de pets

Entidade iniciou censo de cães e gatos e pede que as pessoas preencham um formulário no Google Em Rolândia, várias pessoas que faziam, já há