Pesquisar
Close this search box.

A LIÇÃO DE EMAÚS

Por Monsenhor José Agius (in memoriam)

Os dois discípulos de Emaús reconheceram Jesus no ato da fração do pão. (Lucas 24,35) Eles eram uns desertores; a conversa que tinham mantido com Jesus incendiou seus corações e despertou-lhes a confiança. Jesus deu-se a conhecer na fração do pão, na Eucaristia; pois é ali que Jesus se encontra e ali Jesus fala ao coração e o preenche de sua graça.


Junto de Jesus na Eucaristia, a gente se sente feliz, porque ele recheia todos os nossos desejos; estar com Cristo é a melhor maneira de encontra-lo. Mas não se pode ter pressa, pois o convívio com Jesus exige toda a nossa atenção.


Você, meu irmão e minha irmã, está acostumado(a) o convívio íntimo com Jesus?


Quando alguém experimentou o convívio com Jesus Cristo, tem necessidade de encontrar-se frequentemente com ele. Quando Jesus fica, as coisas veem-se e vivem-se de outra maneira. Você deseja sinceramente que Jesus fique com você para sempre? O que você faz para que assim aconteça? Jesus aproxima-se de nós muitas vezes na vida, sob formas diferentes: uma doença, um insucesso, um sucesso, uma alegria, uma atrapalhação e muitas outras circunstâncias de nossa vida diária são maneiras segundo as quais o Senhor se esconde; porém nós não o reconhecemos.


Falta luz aos nossos olhos para descobrir Jesus sob essas aparências. Se tivéssemos um pouco mais de fé, se soubéssemos julgar todas as coisas com critério mais sobrenatural, abrir-se-iam nossos olhos e veríamos a Deus em todas as coisas, veríamos a mão de Deus em tudo, sentir-nos-íamos seguros de sua proteção.

Monsenhor José Agius
(in memoriam)

Picture of Monsenhor José Agius Monsenhor

Monsenhor José Agius Monsenhor

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

literatura

Coisas do coração

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein “O coração fica sempre no mesmo lugar?”. Essa é a pergunta que a curiosa Valentina faz para sua mãe, bem

literatura

Rabos literalmente presos

Sobrelinhas – por Maria Fernanda Teixeira de Toledo Quem não tem rabo preso que atire a primeira pedra! Agora, cá entre nós… o que te

literatura

No País das Maravilhas?

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein É bem provável que você já tenha assistido à versão dos Estúdios Disney do livro clássico de Lewis Carroll ‘Alice

Religião

Andar em Cristo

Por Humberto Xavier Rodrigues Ao entregamos nossas vidas ao Senhor, tudo o mais não é senão um conhecimento do que Ele é em nós, como