Pesquisar
Close this search box.

Ai, ai do Grande Sistema

Por Humberto Xavier Rodrigues

Viemos para este pelo nascimento físico ou natural. No entanto, em nosso interior encontramos uma natureza pecaminosa. Há um perigo nesta afirmação, visto que, por falta de conhecimento dessa verdade, os falsos pregadores, que não são poucos, manipulam os seus “fiéis”, com falsas promessas de uma suposta salvação ou prosperidade. Antecipadamente, a palavra de Deus nos adverte sobre os últimos dias em que as almas (pessoas) serão comercializadas por um sistema religioso chamado babilônico, “igrejas”.


Ai! Ai! Tu, grande cidade, Babilônia, tu, poderosa cidade! Pois, em uma só hora, chegou o teu juízo. E, sobre ela, choram e pranteiam os mercadores da terra, porque já ninguém compra a sua mercadoria, mercadoria de ouro, de prata, de pedras preciosas, de pérolas, de linho finíssimo, de púrpura, de seda, de escarlata…de carros, de escravos e até almas humanas. Apocalipse 18:10-13.


O sistema babilônico ou religioso já está em pleno vigor. A negociação ou a comercialização de almas já é uma realidade. Esta comercialização se dá quando o pregador estimula a entrega dos dízimos ou ofertas em troca de um suposta salvação ou “sucesso”.


Infelizmente, os pregadores da atualidade com raríssimas exceções apelam desesperadamente pela entrega dos dízimos ou das ofertas dos “crentes”, usando muitas vezes da ignorância destes para saqueá-los. Sabemos que a salvação do homem é gratuita, a doação deve ser voluntária e nunca obrigatória para quem foi salvo. Pois, o sacrifício de nosso Senhor Jesus foi suficiente para salvar o homem do seu pecado.
Visto que ninguém será salvo por suas obras; a salvação foi um ato do amor de Deus que se manifestou na cruz. Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados. Colossenses 1:13-14. A expiação foi cumprida, a vitória foi conquistada.


Com um poderoso grito de triunfo, Cristo entrou na morte, Deus Pai deu provas dessa vitória, ressuscitando – O. Rasgou o véu do templo de alto a baixo, consagrando um “novo e vivo caminho” pelo qual, daquele momento em diante, todos os homens, sem exceção pela fé, podem entrar com liberdade em Sua presença. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. Apocalipse 21:3.

Que Deus em Cristo, nos livre dos mercenários!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Picture of Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Só Jesus pode nos ajudar

Por Humberto Xavier Rodrigues Como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se

literatura

CAÇANDO TEMPO

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein Se tem algo que definitivamente nos atropela é o tempo. Impiedoso, ele parece transformar dias, horas minutos em meros segundos.

literatura

Coisas do coração

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein “O coração fica sempre no mesmo lugar?”. Essa é a pergunta que a curiosa Valentina faz para sua mãe, bem