Pesquisar
Close this search box.

Filmes de fim de relacionamento

Por Samuel M. Bertoco

O padrão é o final feliz certo? Mas alguns filmes gostam de dar aquela quebradinha de expectativa e aí, bem…as coisas não terminam muito numa boa, mais vida real. Lembremos alguns (bons).

  • 500 dias com ela: Tom não entende quando Summer abruptamente termina o relacionamento e então vamos vendo recortes de vários momentos da vida dos dois. Nada convencional e não cronológico – ou seja, não vemos do dia 1 ao 500 e sim aleatoriamente – a história é divertida e emocionante, e nos ensina que mesmo um amor “normal” as vezes simplesmente acaba.
  • Alta Fidelidade: Aqui não temos um, mas vários términos. John Cusack está ótimo nesse clássico filma dos anos 2000 quando um vendedor de discos repassa todos seus términos e faz uma reflexão melancólica de porque é tão difícil se relacionar. Vale pelo filme, vale pela mensagem, vale muito pela trilha sonora.
  • Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças: Muita gente já quis apagar seu ex da memória certo? Mas Clementine leva isso tão a sério que contrata uma empresa para, literalmente, apagar Joel da memória. Joel ao saber disso, resolver fazer o mesmo, mas se arrepende no meio do processo. Um dos grandes filmes cults das últimas décadas.
  • Separados pelo Casamento: Um filme que era pra ser uma comédia pastelona ganha tons bens sombrios quando a coisa vai degringolando no relacionamento entre Brooke e Gary. No fim, apesar de darmos boas risadas o filme é triste e tem um final – não é spoiler porque tá no título – diferente do que a gente vê nesse tipo de comédia.
  • Efeito Borboleta: Ok, esse não é um filme de relacionamentos e sim uma ficção científica. Evan descobre que pode viajar ao passado e mudar seu presente, mas ao fazer isso as pessoas ao seu redor e, principalmente sua amada, vão se ferrando cada vez mais. Então ele percebe que terá que tomar decisões difíceis pra si mesmo se quiser realmente salvá-la.

Samuel M. Bertoco é formado em Marketing e Publicidade

Picture of Samuel Bertoco

Samuel Bertoco

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Só Jesus pode nos ajudar

Por Humberto Xavier Rodrigues Como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se

literatura

CAÇANDO TEMPO

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein Se tem algo que definitivamente nos atropela é o tempo. Impiedoso, ele parece transformar dias, horas minutos em meros segundos.

literatura

Coisas do coração

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein “O coração fica sempre no mesmo lugar?”. Essa é a pergunta que a curiosa Valentina faz para sua mãe, bem