Pesquisar
Close this search box.

Liga da Justiça 3 – Melhorar

Por Samuel M. Bertoco

Aqui a gente não tá só pra esculachar, bora dar uma ajuda, então se os chefões da Warner forem leitores do JR acho que eles pegam umas boas dicas.

  • Recast: Ben Affleck já abandonou esse Batman há muito tempo, e também sabemos que Super Man terá um ator novo. Dito isso, o novo chefão James Gun já falou algumas vezes sobre a possibilidade de manter alguns atores. Como Gal Gadot e Ezra Miller, como Mulher Maravilha e Flash. NÃO. Já que vai mudar, muda todo mundo, zera isso, abandona o que já foi e começa do zero. O troço já é uma bagunça aí vai misturar ator novo com ator velho…não faça isso James.
  • Manter os Heróis como são nos gibis: Esses heróis estão aí há mais de 80 anos, é claro que tiveram várias releituras, um Batman que usa arma, um Superman deprê, um Aquaman morenão, isso agora não rola. Não vamos inventar, mantém o que todo mundo já conhece. Nada de Batman assassino e miliciano, o morcegão é o cara traumatizado que soca os bandidos até virarem pudim, mas não mata…faça isso, James.
  • Nem dark, nem coloridão: Quando Marvel e DC competiam – ou a DC tentava – rolava uma conversa de que os filmes da DC eram “piores” porque eram muito sombrios. Aí meteram uns filmes todo alegres nos próximos e ficou pior. A DC tem muito herói, cada um com seu estilo, dá pra fazer de tudo desde que seja bem feito.
  • Apressar grandes eventos: logo nos primeiros filmes a DC tinha queimado duas grandes histórias dos quadrinhos – Cavaleiro das Trevas e a Morte do Superman – e uns três ou quatro grandes vilões que poderiam ter aparecido bem depois e continuou queimando sem preparação alguma. Tem muita história pra contar, muita gente pra apresentar.
  • Faça o simples: Pra finalizar, simplifique. A Marvel tá aí de prova que quando começou a entrar multiverso e matar um, ressuscitar outros, muda mundo, volta mundo, volta no tempo…deu ruim. Então mire bons filmes de ação, filme de herói não é pra refletir sobre o mundo, é pra divertir. Divirta a gente James.

Samuel M. Bertoco é formado em Marketing e Publicidade

Picture of Samuel Bertoco

Samuel Bertoco

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

literatura

Coisas do coração

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein “O coração fica sempre no mesmo lugar?”. Essa é a pergunta que a curiosa Valentina faz para sua mãe, bem

literatura

Rabos literalmente presos

Sobrelinhas – por Maria Fernanda Teixeira de Toledo Quem não tem rabo preso que atire a primeira pedra! Agora, cá entre nós… o que te

literatura

No País das Maravilhas?

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein É bem provável que você já tenha assistido à versão dos Estúdios Disney do livro clássico de Lewis Carroll ‘Alice

Religião

Andar em Cristo

Por Humberto Xavier Rodrigues Ao entregamos nossas vidas ao Senhor, tudo o mais não é senão um conhecimento do que Ele é em nós, como