Pesquisar
Close this search box.

Morrer ou, morrer

Por Humberto Xavier Rodrigues

Sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos. Romanos 6:6.

Na crucificação do nosso Senhor Jesus, o nosso velho homem foi crucificado. Ali em Seu corpo, naquela cruz fomos inseridos, particularmente, o nosso pecado caiu sobre Ele. O melhor que Deus nos deu, foi a libertação de nos mesmos. O termo “ está consumado” revela que o pecado foi destruído.


Assim, a nossa vitória foi alcançada através da cruz. A cruz foi o grande propósito de Deus para salvar o homem. O centro do universo é a cruz. Não há possibilidade de uma pessoa ser salva sem a cruz. Não existe qualquer crescimento cristão sem a morte para o pecado.


Do início ao fim, tem que haver o princípio da operação da cruz trabalhando em nós: Levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo. 2 Coríntios 4:10. Na cruz, o Senhor Jesus se esvaziou de si mesmo, pois Ele já havia se esvaziado, antes mesmo de ser crucificado.


O que Deus planejou para aquele que recebeu, pela fé, a sua inclusão em Cristo? Especificamente, o projeto de Deus, é que o mesmo se torne semelhante a Jesus. E o meio que Deus utiliza para formar a imagem de Cristo neste, é por meio da cruz.


Não existe nenhuma parte das escrituras que libere qualquer pessoa a se tornar um cristão sem a morte com Cristo. E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Mateus 10:38. O que significa tomar a cruz? Significa: eu recebo pela fé, a morte do meu ego no corpo de Cristo”.


E, neste ato de aceitação, a cruz vai reproduzir naquele que crer, a imagem do Seu Filho. O Espírito Santo toma a cruz e aplica em seu viver diário. Portanto, Deus vai reunir todas as coisas, sejam circunstâncias ou relacionamentos com a finalidade de tratá-lo.


O Espírito Santo nos leva a Cristo e Cristo nos revela a cruz. Não podemos separar a cruz de Cristo e nem Cristo da cruz. Ainda que era Filho, aprendeu a obediência por meio daquilo que sofreu; e, tendo sido aperfeiçoado, veio a ser autor de eterna salvação para todos os que lhe obedecem. Hebreus 5:8-9. Amém!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Dois Homens

Por Humberto Xavier Rodrigues O fariseu, posto em pé, orava de si para si mesmo, desta forma: Ó Deus, graças te dou porque não sou

Cultura

Retrospectiva 2023: Melhores Séries

Por Samuel M. Bertoco Começando tardiamente nossa retro, já vou deixando a informação aqui que esse ano não vai ter dos filmes, assistam Barbie e

Religião

Um propósito definido

Por Humberto Xavier Rodrigues A cruz, foi e é o fato mais revolucionário que já apareceu entre os homens. É por esta razão que a

Religião

Do ego para Cristo

Por Humberto Xavier Rodrigues Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu