Pesquisar
Close this search box.

Pequenas participações, grande marca

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Colunas
  6. /
  7. Cultura
  8. /
  9. Pequenas participações, grande marca

Por Samuel M. Bertoco

Hoje, sem muito rodeio, vamos lembrar alguns atores que tiveram pequenas pontas em filmes e séries, mas que, mesmo com pouquíssimo tempo de tela, conseguiram deixar sua marca com bastante força.

  • Drew Barrymore (Pânico): O filme Pânico fez um sucesso estrondoso lá pro final dos anos 90 e tem uma cena inicial que já virou clássica na história do cinema. Mas, se toda sequência do começo do filme é maravilhosa, muito se dá pela atuação da – quase – estreante Drew Barrymore, que claro, dura pouco tentando fugir do assassino com várias estratégias pouco inteligentes. Marcou tanto que, mesmo aparecendo uns minutinhos, ela acabou fazendo mais sucesso que qualquer outro ator do filme.
  • Mathew McConoughey (Lobo de Wall Street): Matt já era consagrado – inclusive ganhador do Oscar – quando foi chamado pra fazer uma ponta como chefe de Leo Di Caprio nesse filmaço de Martin Scorsese. O filme já é muito louco, mas a participação de Matt é tão, ou mais, maluca quanto. E a cena dele cantando um som indescritível enquanto bate no peito é memorável.
  • Matt Damon (Interstellar): Damon adora fazer uma ponta, já apareceu no Thor, Deadpool, já fez ponta de militar em Openheimer… vacilou ele tá lá. Mas essa em Interstellar é boa – e fdp – demais. Matt é visto na Terra como um herói, um explorador espacial que sacrificou tudo para dar um futuro pra humanidade… mas reencontrar ele não foi tão legal assim – e mesmo assim ele é tão gente boa que acreditamos nele até o final, que sacanagem!
  • Christopher Walken (Pulp Fiction): Um dos melhores filmes da história não poderia ficar sem uma ponta memorável, certo? Walken vive o Capitão Koons, e faz um monólogo inesquecível a um jovem But – um dos protagonistas do longa – sobre como – e, principalmente, onde – a pedido do pai do moleque, que estava morrendo, ele escondeu um relógio enquanto era prisioneiro no Vietnã só pra trazê-lo de volta pro garoto.
  • Menções: John Candy (Esqueceram de Mim); Tom Cruise (Trovão Tropical); John Torturro (Lebowski).

Samuel M. Bertoco é formado em Marketing e Publicidade

Picture of Samuel Bertoco

Samuel Bertoco

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Salvos Graciosamente

Por Humberto Xavier Rodrigues Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém, notifica aos homens que todos, em toda parte, se

Cultura

Filmes de Desastres

Por Samuel M. Bertoco Twisters – continuação do clássico Twister de 90 e blau – está batendo – ventando? – aí na nossa porta; mal

Religião

Livres da Dívida

Por Humberto Xavier Rodrigues A redenção do homem envolveu o cancelamento total da dívida. Tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e