Pesquisar
Close this search box.

Por que sofrer?

Por Humberto Xavier Rodrigues

Muitas vezes o sofrimento não nos parece trazer nada, e parece não nos levar a nenhum lugar. Mas foi numa ilha isolado que João “viu”, viu o fim dos “impérios do mundo”. Foi em meio a chuvas de pedras que Estêvão viu a glória de Deus: Ouvindo eles isto, enfureciam-se no seu coração e rilhavam os dentes contra ele. Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita. Atos 7:54-55.


A morte de Jesus foi a grande prova que o sofrimento segundo a vontade divina sempre conduz à glória. Pois tu, ó Deus, nos provaste; acrisolaste-nos como se acrisola a prata. Tu nos deixaste cair na armadilha; oprimiste as nossas costas; fizeste que os homens cavalgassem sobre as nossas cabeças; passamos pelo fogo e pela água; porém, afinal, nos trouxeste para um lugar espaçoso. Salmo 66:10 a 12.


Que lugar espaçoso é este a que seremos conduzidos? É para dentro da vida de Jesus, onde encontraremos o pleno descanso. Na visão de Joseph de Maistre: “Creio no fundo de minha alma e sinto em minha consciência que, se o homem pudesse viver neste mundo, isento de sofrimento, acabaria por se embrutecer”.


Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração. Oséias 2:14. Assim, afastados de todas as distrações possamos ouvir com clareza a voz de Deus. Não é o momento de lutarmos e nos desesperarmos, mas de aguardarmos com paciência, pois o sofrimento terá um seu fim.


Por isso, podemos louvar a Deus pela esperança, mesmo em face do sofrimento, pois, Cristo em nós esperança da glória. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nossos corações pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado. Romanos 5:5. Podemos estar certos que, o conhecimento de que Deus nos ama é a garantia de que Ele está cuidando de cada um de nós.


Assim, podemos descansar, porque Ele sabe o que faz, ainda que não entendamos, ou aceitemos. No dizer de George Matherson: “Se José não tivesse sido prisioneiro no Egito, jamais teria sido o governante desse país. Os grilhões de ferro de seus pés transformaram-se na corrente de ouro do seu pescoço”. Disse Jesus: No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo. João 16:33b.

Amém!!!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Picture of Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

literatura

Coisas do coração

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein “O coração fica sempre no mesmo lugar?”. Essa é a pergunta que a curiosa Valentina faz para sua mãe, bem

literatura

Rabos literalmente presos

Sobrelinhas – por Maria Fernanda Teixeira de Toledo Quem não tem rabo preso que atire a primeira pedra! Agora, cá entre nós… o que te

literatura

No País das Maravilhas?

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein É bem provável que você já tenha assistido à versão dos Estúdios Disney do livro clássico de Lewis Carroll ‘Alice

Religião

Andar em Cristo

Por Humberto Xavier Rodrigues Ao entregamos nossas vidas ao Senhor, tudo o mais não é senão um conhecimento do que Ele é em nós, como