Pesquisar
Close this search box.

Religião, uma cama curta

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Colunas
  6. /
  7. Religião
  8. /
  9. Religião, uma cama curta

Por Humberto Xavier Rodrigues

Quanto mais estudamos o conceito da religião em todos os seus aspectos, mais descobrimos a sua inteira insuficiência para libertar o homem do pecado. A religião pode ser até boa externamente por algum tempo, mas confrontado com as verdades eternas, descobrirá que a religião é “uma cama muito curta para ele poder se estender e uma coberta muito estreita para se cobrir”.


Sendo a religião insuficiente para libertar o homem, Deus em sua infinita misericórdia e graça, desceu na pessoa de Jesus para realizar aquilo que a religião não pode: Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos). Efésios 2:4-5.


Deus, no princípio, desceu para criar o homen, mas quando este caiu, Deus desceu para levantá-lo: Mas chamou o Senhor Deus ao homem, e perguntou-lhe: Onde estás? Gênesis 3:9. Esta pergunta prova duas coisas: prova que o homem se perdeu, contudo, Deus desceu para buscá-lo e levá-lo para a sua posição original.


Nessa expressão “onde estás?” encontramos o primeiro relato da graça de Deus. Aqui está o extraordinário conhecimento do caráter gracioso dEle. Deus começou a se mostrar e revelar os seus propósitos de amor redentor, e nisto está a verdadeira base da paz e bem-aventurança daqueles que depositam as suas vidas em Suas mãos.


Sem recursos para sair dessa condição, o homem tem seu encontro com Deus, por meio de Jesus, o nosso libertador: Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. João 3:16-18.


Então, o caminho da salvação do homem foi aberto pelo nosso Senhor Jesus Cristo: Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne. Hebreus 10:19-20. Assim, Deus se mostrou suficiente quanto aquilo que somente trará o homem calmamente e confiadamente à Sua presença.
Amém.

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Picture of Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

literatura

Rabos literalmente presos

Sobrelinhas – por Maria Fernanda Teixeira de Toledo Quem não tem rabo preso que atire a primeira pedra! Agora, cá entre nós… o que te

literatura

No País das Maravilhas?

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein É bem provável que você já tenha assistido à versão dos Estúdios Disney do livro clássico de Lewis Carroll ‘Alice

Religião

Andar em Cristo

Por Humberto Xavier Rodrigues Ao entregamos nossas vidas ao Senhor, tudo o mais não é senão um conhecimento do que Ele é em nós, como