Pesquisar
Close this search box.

Ser e Tornar-se

Por Humberto Xavier Rodrigues

E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito. 2 Coríntios 3:18.

Na salvação ganha-se o direito de ir pro céus. Porém, muito mais do que ser salvo, é ser trabalhado por Deus para se tornar parecido com o Seu Filho. Um dos amigos de Sadhu Sundar Singh, escrevendo mais tarde um livro de recordações referentes a ele, deu-lhe este título: “Sadhu Sundar Singh, o homem que se parecia com Cristo”.


“Certa vez, na Inglaterra, prometeu uma visita, e dirigiu-se na hora marcada à casa da pessoa a quem ia visitar. Atendeu a campainha uma empregada vindo poucos dias antes da aldeia. Sadhu deu o seu nome e ela correu para a patroa: Lá fora está um homem procurando a senhora; o nome dele é uma embrulhada que não se entende, mas o aspecto dele faz pensar que bem pode ser Jesus”.


Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo. Efésios 4:13. “A medida da estatura da plenitude de Cristo”, se expressa numa vida de total dependência de Deus.


Nas palavras de Henry Scougal (1650-1678): “ Prefiro ver as reais impressões de uma natureza semelhante à divina em minha própria alma, a ter uma visão do céu ou de um anjo a mim enviado para me dizer que meu nome está escrito no livro da vida”.


A salvação é um ato que se apropria pela fé, na palavra de Deus. E, o se tornar semelhante à Jesus é através de um longo processo. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou. Romanos 8:29-30.


Se alguém deseja tornar-se parecido com Jesus, é preciso uma entrega total a Deus, permitindo que Ele trabalhe em sua vida. Todavia, este trabalho só pode ser feito com a sua total permissão, numa verdadeira parceria. “Deus quer, eu também quero”. Que Deus pela Sua infinita bondade e graça abra os olhos do nosso coração para tal intento.
Amém!!!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Picture of Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

literatura

Coisas do coração

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein “O coração fica sempre no mesmo lugar?”. Essa é a pergunta que a curiosa Valentina faz para sua mãe, bem

literatura

Rabos literalmente presos

Sobrelinhas – por Maria Fernanda Teixeira de Toledo Quem não tem rabo preso que atire a primeira pedra! Agora, cá entre nós… o que te

literatura

No País das Maravilhas?

Sobrelinhas – por Carla Kühlewein É bem provável que você já tenha assistido à versão dos Estúdios Disney do livro clássico de Lewis Carroll ‘Alice

Religião

Andar em Cristo

Por Humberto Xavier Rodrigues Ao entregamos nossas vidas ao Senhor, tudo o mais não é senão um conhecimento do que Ele é em nós, como